Seguro diz que é possível olhar para a televisão pública sem recorrer a despedimentos

António José Seguro
António José Seguro

O secretário-geral do PS, António José Seguro, afirmou hoje que existem “todas as condições” para olhar para a televisão pública sem despedimentos, referindo que está preocupado com a “diminuição da qualidade” do serviço prestado.

“Gosto de me pronunciar sobre os relatórios depois de os conhecer. Defendo uma televisão pública em Portugal com qualidade e estou preocupado pois vejo uma diminuição da qualidade da prestação do serviço da televisão pública”, disse, à margem de uma visita a uma empresa na Moita.

António José Seguro defendeu ainda que é possível olhar para a televisão pública sem recorrer a despedimentos.

“Preocupa-me tudo o que passa por rescisões e o aumento de desemprego no país. Existem todas as condições para olhar para a televisão pública sem que seja necessário o despedimento das pessoas”, concluiu.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A Poveira, conserveira. Fotografia: Rui Oliveira / Global Imagens

Procura de bens essenciais dispara e fábricas reforçam produção ao limite

Fotografia: Regis Duvignau/Reuters

Quase 32 mil empresas recorrem ao lay-off. 552 mil trabalhadores em casa

coronavírus em Portugal (covid-19) corona vírus

266 mortos e 10 524 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Seguro diz que é possível olhar para a televisão pública sem recorrer a despedimentos