concurso público

Seguros de diplomatas e famílias custam 1,3 milhões de euros

Fotografia: DR
Fotografia: DR

Seguradora AIG ganhou contrato do ministério dos Negócios Estrangeiros

A secretaria-geral do Ministério dos Negócios Estrangeiros adjudicou a compra de seguros de saúde para funcionários diplomáticos e respetivas famílias à seguradora AIG por 1,33 milhões de euros.

Segundo a informação divulgada no Portal BASE, a adjudicação foi feita pela melhor proposta apresentada, tendo em conta um preço base de 1,54 milhões de euros. Em causa está a contratação de seguros de saúde “para funcionários diplomáticos do Ministério dos Negócios Estrangeiros e respetivos agregados familiares, colocados em países fora do Espaço Económico Europeu ou que não tenham acordo com a ADSE”, especifica o contrato.

A duração do contrato é de três anos e a AIG apresentou a melhor proposta, num concurso público a que concorreram várias entidades seguradoras: a Corbroker, a João Mata, a MDS, a Fidelidade, a Lusitânia e ainda a Howden Ibéria.

A AIG já totaliza mais de 3,4 milhões de euros de contratos realizados com entidades públicas. Já a secretaria-geral do ministério dos Negócios Estrangeiros gastou 45 milhões de euros em 738 contratos mas também foi fornecedora, num contrato de 15 mil euros para a elaboração de um documentário.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Frederico Varandas, presidente do Sporting.

(Filipe Amorim / Global Imagens)

Sporting vende créditos de contrato com a NOS por 65 milhões

Frederico Varandas, presidente do Sporting.

(Filipe Amorim / Global Imagens)

Sporting vende créditos de contrato com a NOS por 65 milhões

Cerimónia da assinatura da venda do Novo Banco à Lone Star, no Banco de Portugal. Luis Máximo dos Santos, Donald Quintin e Carlos Costa.

( Filipe Amorim / Global Imagens )

Máximo dos Santos: “Venda do Novo Banco evitou sério prejuízo”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Seguros de diplomatas e famílias custam 1,3 milhões de euros