Coronavírus

Seis pessoas detidas e 68 lojas fechadas durante o dia de hoje

Vila Verde de Ficalho, 20/3/2020 - Agentes do Cuerpo Nacional de Policia na fronteira que liga Vila Verde de Ficalho e Rosal de la Fronteira (Espanha) através  do IP8. Este é um dos nove pontos de ligação rodoviária com o país vizinho que permanecem abertos mas controlado por forças policiais de ambos países, como medida de contenção da propagação do Covid-19. Já há seis mortes e 1020 casos confirmados de coronavírus em Portugal, anunciou esta sexta-feira a Direção-Geral da Saúde (DGS).  O país está desde a meia-noite de ontem em estado de emergência.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)
Vila Verde de Ficalho, 20/3/2020 - Agentes do Cuerpo Nacional de Policia na fronteira que liga Vila Verde de Ficalho e Rosal de la Fronteira (Espanha) através do IP8. Este é um dos nove pontos de ligação rodoviária com o país vizinho que permanecem abertos mas controlado por forças policiais de ambos países, como medida de contenção da propagação do Covid-19. Já há seis mortes e 1020 casos confirmados de coronavírus em Portugal, anunciou esta sexta-feira a Direção-Geral da Saúde (DGS). O país está desde a meia-noite de ontem em estado de emergência. (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Medidas do estado de emergência foram hoje reforçadas, antecipando o fim de semana da Páscoa.

A “intensa atividade de sensibilização, vigilância e fiscalização junto da população” que as forças de segurança têm levado a cabo desde 22 de março, quando foi decretado o estado de emergência em Portugal, que obriga ao confinamento para evitar a propagação da pandemia de covid-19, continua a registar infratores.

Ontem, GNR e PSP detiveram mais seis pessoas por crime de desobediência, “designadamente por violação da obrigação de confinamento obrigatório e por outras situações de desobediência ou resistência”, sendo no mesmo período encerrados mais 68 estabelecimentos, comunica o MAI. O total de detidos sobe assim para 96 e 1701 estabelecimentos fechados por incumprimento das normas, numa altura em que o estado de emergência foi prolongado por novo período de 15 dias e o governo anunciou regras mais apertadas para o fim de semana da Páscoa.

Assim, além de ficarem proibidos ajuntamentos de mais de cinco pessoas, “entre as 00.00 do dia 09 e as 24.00 do dia 13 de abril serão proibidas as deslocações para fora do concelho de residência”, frisou hoje António Costa. Veja aqui todas as medidas de reforço do estado de emergência.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa. JOÃO RELVAS/POOL/LUSA

Centros comerciais e Lojas do Cidadão em Lisboa encerrados até 04 de junho

Fotografia: D.R.

Teletrabalho continua obrigatório para grupos de risco e pais sem escola

Movimento de utentes numa estação do Metropolitano de Lisboa, durante a pandemia da covid-19, em Lisboa, 19 de maio de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

AML quer mais oferta de transportes e reforço da higienização

Seis pessoas detidas e 68 lojas fechadas durante o dia de hoje