Dinheiro Vivo TV

Semana de previsões ‘estragadas’ pelo vírus, défice, habitação e Europa parada

A carregar player...

O habitual lançamento da semana (de 23 a 27 março) é feito em condições especiais, à medida que pessoas e economia mudam de rotinas devido ao vírus.

Por todo o planeta, especialmente na Ásia, Europa e Estados Unidos, o tema do momento é o novo coronavírus SARS-CoV-2 (Covid-19), que está a transformar por completo a vida de milhões de pessoas e a economia como a conhecíamos até há pouco tempo.

O nosso habitual lançamento da semana, em vídeo, é feito, por isso, de forma diferente do habitual. Quase toda a equipa do Dinheiro Vivo trabalha desde a passada segunda-feira de forma remota, das suas casas.

A forma como a pandemia atingiu a Europa e Portugal nos últimos dias, levou a que milhares de eventos e divulgações previstas para esta semana ou tenham sido canceladas ou estejam perto de o ser.

É provável que a semana continue a ser marcada por mais pormenores das medidas do governo, que decretou na passada quinta-feira estado de emergência, bem como os já habituais boletins diários da Direção-Geral de Saúde, com o número de infetados em Portugal com o novo coronavírus e conselhos à população.

Esta segunda-feira é também o 21º dia desde que foi registado oficialmente um caso do novo coronavírus em Portugal, com efeitos significativos no país e na economia que só têm vindo a agravar-se – quase tudo está parado, ou perto disso, tirando serviços básicos fundamentais.

Passaram já oito dias desde que a maioria do país começou a ficar em regime de teletrabalho e quatro dias desde que foi oficializado o estado de emergência nacional, com o governo a pedir à população cuidados redobrados para o necessário distanciamento social.

Segunda, 23 de março de 2020

O Instituto Nacional de Estatístico (INE) publica os preços da habitação do 4º trimestre, o que nos dará os dados de todo o ano de 2019.

Quarta-feira, 25 de março

Está previsto saírem as contas da REN – Redes Energéticas Nacionais. O INE tem também previsto dar a primeira notificação sobre Défice Excessivo de 2020, embora o Instituto ainda não confirmou se vai mesmo conseguir dar essa informação devido ao período que atravessamos.

Quinta, 26 de março

Vão ser divulgados os dados das rendas da habitação a nível local, por regiões, do 2º semestre, o que nos dá informação do ano inteiro de 2019.

Está previsto sair o boletim económico do Banco de Portugal, com previsões para a economia.

Está previsto começar o Conselho Europeu, em Bruxelas, algo que deve ser feito de forma remota ou mesmo adiado.

Sexta-feira, 27 de março

São divulgadas as contas da tecnológica portuguesa Glintt.

O INE tem previsto revelar o Inquérito à Avaliação Bancária na Habitação referente a fevereiro de 2020.

LEIA AQUI TODA A COBERTURA SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
coronavirus turismo turistas

ISEG. Recessão em Portugal pode chegar a 8% este ano

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. JOÃO RELVAS/LUSA

Pedidos de lay-off apresentados por 33.366 empresas

coronavirus lay-off trabalho emprego desemprego

Rendimento básico incondicional? “Esperamos não ter de chegar a esse ponto”

Semana de previsões ‘estragadas’ pelo vírus, défice, habitação e Europa parada