Coronavírus

Semapa ajuda cientistas no combate à covid-19

Unidade em Coruche do grupo ETSA, detido pela Semapa, que transforma subprodutos animais. 
FOTO: D.R.
Unidade em Coruche do grupo ETSA, detido pela Semapa, que transforma subprodutos animais. FOTO: D.R.

Apoio da Semapa insere-se no Plano Operacional do iMM de combate à pandemia, incluindo monitorização da disseminação da pandemia.

Aquisição de equipamento, material e recursos para melhorar a capacidade instalada de realização de testes de diagnóstico numa primeira fase e no desenvolvimento de projetos científicos que potenciem o conhecimento desta doença, tentando prevenir novas vagas da epidemia. Assim se resume o apoio anunciado hoje pelo grupo Semapa aos projetos em desenvolvimento pelo Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (iMM) no combate à Covid-19.

“O apoio do grupo Semapa a estes projetos insere-se num conjunto alargado de medidas de prevenção e de salvaguarda da saúde coletiva que implementámos internamente”, explica o CEO, João Castello Branco. “Sentimos uma responsabilidade acrescida em contribuir para o combate a esta pandemia e o apoio ao Instituto de Medicina Molecular é um passo fundamental nesta missão. Queremos, sobretudo, contribuir para o regresso à normalidade social e económica”,justifica ainda.

O contributo da Semapa permitirá ajudar os projetos de monitorização do vírus e do estudo aprofundado sobre a doença, acelerar testes e apressar o regresso da normalidade.

“Melhorar a capacidade que temos instalada para a realização de testes de diagnóstico, que se multiplica já em outros centros de investigação, em conjunto com o alargamento do conhecimento científico que temos sobre o vírus SARS-CoV-2 (que causa a doença Covid-19), é essencial para que a sociedade regresse à normalidade e é por isso muito importante que diferentes instituições científicas e da sociedade em geral estejam juntas neste desígnio comum”, refere Miguel Prudêncio, Investigador Principal do iMM.

O iMM está ainda a dedicar-se ao tema da imunidade populacional, que tem sido focado com cada vez maior frequência, na medida em que poderá ser determinante para o regresso à normalidade, depois de terminado o período de confinamento. Os testes serológicos permitem detetar em pessoas com ou sem sintomas a presença de anticorpos gerados pelas defesas do organismo contra o vírus e assim permitir o regresso seguro das populações às suas rotinas.

O grupo Semapa, um dos principais grupos industriais portugueses com mais de 6 mil colaboradores e presença em vários continentes, que gera mais de 75% do seu volume de negócios fora do país, vai assim apoiar o Plano Operacional do iMM de combate à pandemia.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Céu cinzento de Londres. Fotografia: D.R.

Portugal fora do corredor turístico britânico. Madeira e Açores entram

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, acompanhado pelo ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (Foto: Mário Cruz/Lusa)

Recuperar poder de decisão na TAP obriga Estado a pagar mais

O presidente do conselho de administração da TAP, Miguel Frasquilho. (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Frasquilho: Reestruturação da TAP “não vai ser isento de dor”

Semapa ajuda cientistas no combate à covid-19