Lei das rendas

Senhorios podem vir a pagar menos IRS pelas rendas recebidas

Avaliação predial traz aumento de rendas

Socialistas vão propor escalões de rendimento alternativos à taxa de 28% e ao subsídio de renda, que chumbaram.

O Partido Socialista chumbou a proposta do Bloco de Esquerda no sentido de ser criado um subsídio para os senhorios, mas tem uma proposta alternativa: em vez de pagarem uma taxa fixa de 28% no IRS, serão criados escalões de imposto consoante os rendimentos.

O tema foi debatido esta quarta-feira no Parlamento, durante a discussão das alterações à Lei das Rendas, sendo o âmbito da aplicação da proposta limitado aos senhorios com carências financeiras e proprietários com rendas antigas que não possam ser atualizadas.

“A nossa ideia é que haja uma compensação fiscal sobre as rendas congeladas, muitas baixas”, explicou ontem Helena Roseta, deputada socialista coordenadora do grupo de trabalho para as questões da habitação.

Outras alterações previstas incluem o aumento do período transitório das rendas antigas, de cinco para dez anos, no caso de inquilinos com mais de 65 anos ou com deficiência superior a 65% e com carências financeiras. Há também um aumento do referido prazo, de cinco para oito anos, no caso dos inquilinos mais novos e também com carências financeiras, sendo ainda alargado de dois para cinco anos o prazo para início do aumento das rendas. Mantém-se o limite de aumento inferior a 1/15 do valor patrimonial do imóvel.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

Ministro das Finanças, Mário Centeno, na Católica Porto Business School. Fotografia:  Igor Martins / Global Imagens

Mário Centeno quer mais exigência nos benefícios fiscais

Outros conteúdos GMG
Senhorios podem vir a pagar menos IRS pelas rendas recebidas