Sérgio Monteiro: Concessão da ANA implica taxas menores na Madeira

Sérgio Monteiro, Secretário de Estado
Sérgio Monteiro, Secretário de Estado

O contrato de concessão da ANA impõe reduções das taxas aeroportuárias no Aeroporto da Madeira e congelamento das taxas nos aeroportos dos Açores e do Porto, disse hoje o secretário de Estado dos Transportes.

Sérgio Monteiro sublinhou que os candidatos à privatização da ANA têm de preencher uma série de “critérios qualitativos”, entre os quais a redução das taxas na Madeira, que disse ser “o aeroporto mais caro da Europa”, e o congelamento das taxas nos Açores e no Porto durante dez anos.

“Só em Lisboa as taxas vão aumentar”, afirmou o secretário de Estado, salientando que o objetivo do Governo é “promover a coesão social e territorial”.

A ANA tem a concessão dos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro, Ponta Delgada, Santa Maria, Horta e Flores.

A secretária de Estado do Tesouro, Maria Luís Albuquerque, afirmou, em Conselho de Ministros, que “a privatização da ANA envolverá também o aeroporto da Madeira”, no mesmo dia em que o Governo aprovou a passagem dos consórcios Blink, Eama, Fraport/IFM, Vinci e Flughafen Zürich à segunda fase de privatização da ANA.

Os consórcios candidatos têm que apresentar a proposta vinculativa até 14 de dezembro.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Biedronka assegura 68% das vendas; Pingo Doce 24%

Jerónimo Martins vai impugnar coima de 24 milhões na Polónia

Parque Eólico

EDP Renováveis vende sete parques eólicos à Finerge em Espanha

Luís Máximo dos Santos é presidente do Fundo de Resolução.

Fundo de Resolução diz que comprador da GNB tinha a proposta “mais atrativa”

Sérgio Monteiro: Concessão da ANA implica taxas menores na Madeira