Coronavírus

Siza Vieira disponível para apoiar iniciativas de esclarecimento a empresas

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira. (HUGO DELGADO/LUSA)
O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira. (HUGO DELGADO/LUSA)

Projetos como o gabinete para apoiar empresas da CCIP são "muito importantes nesta fase", reconhece o ministro da Economia.

A Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP) tinha-o reclamado e viu nesta semana ganhar vida a criação de um gabinete de apoio às empresas, que junta CCIP e Ministério da Economia e Transição Digital, para ajudar nos processos de acesso às medidas extraordinárias lançadas pelo governo no âmbito da Covid-19.

 

Questionado pelo Dinheiro Vivo, o governo garante estar disponível para construir projetos semelhantes com outras associações que venham a mostrar disponibilidade e vontade de dar vida a projetos que também visem ajudar as empresas a melhor conhecer os apoios que vão sendo lançados e como podem aceder-lhes.

“O governo saúda a iniciativa (da Câmara de Comércio) e está a dar apoio informativo” a este gabinete, confirma fonte oficial da Economia, que acrescenta que o ministério liderado por Pedro Siza Vieira está disponível para também “dar apoio a outras iniciativas semelhantes, que se revelam tão importantes nesta fase”.

O gabinete da CCIP já está a funcionar desde ontem, prestando apoio e esclarecimento das dúvidas das empresas e reportando ao Ministério os resultados deste acompanhamento. “A aprovação por parte do Ministério da Economia da criação deste gabinete de crise permite estabelecer um canal privilegiado para as empresas esclarecerem dúvidas e tornar mais rápidas e eficazes as medias de apoio ao tecido empresarial português”, considerou Bruno Bobone, que lidera a associação de empresários. (Leia mais aqui)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP

Exportações e turismo afundam 9,6% e geram recessão de 2,3% no 1º trimestre

Cartões de crédito e débito. Fotografia: Global Imagens

Malparado: 10% das famílias com crédito está em incumprimento

Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Um quarto das empresas de alojamento e restauração está em incumprimento

Siza Vieira disponível para apoiar iniciativas de esclarecimento a empresas