Sonae IM compra Excellium e torna-se um dos maiores players da Europa

Valor do investimento no Benelux não é avançado. Sonae passa a ter mais de 500 profissionais em cibersegurança e presença direta em seis países

A Sonae Investment Management (Sonae IM), a unidade de investimento em tecnologia do grupo Sonae, anunciou mais uma compra na área da cibersegurança: uma posição maioritária na Excellium, líder luxemburguês neste domínio. Num mercado ainda fragmentado, este processo de consolidação posiciona o grupo como "um dos players europeus mais relevantes" em cibersegurança, com mais de 500 trabalhadores, presença direta em seis países e "com capacidade de acelerar o seu plano de crescimento". O valor do negócio não foi avançado.

Este é o 10º investimento da Sonae IM em cibersegurança, desde 2014, sendo que o grupo dispõe hoje de oito empresas nesta área, na medida em que procedeu à fusão de duas delas, a S21sec e a Nextel. No comunicado ao mercado, a Sonae explica que a Excellium "fornece serviços profissionais e geridos, nomeadamente, através da sua solução proprietária de gestão de cibersegurança - SOC Eyeguard (security operations center)". A empresa conta com "as mais conceituadas instituições financeiras, entidades governamentais e outros grupos económicos com atividade no Benelux" na sua base de clientes.

"Esta operação fortalece a nossa posição como um dos líderes europeus na área de cibersegurança. Para além da qualidade da equipa de gestão e da credibilidade que a empresa tem no mercado, a Excellium representa a nossa porta de entrada nos mercados de alto valor acrescentado da Europa Central. No seguimento da aquisição em 2016 da Sysvalue, em Portugal, e da fusão da S21sec com a Nextel em Espanha, durante 2018, esta transação reforça a nossa aposta na consolidação do setor", refere Carlos Alberto Silva, administrador executivo da Sonae IM.

A empresa destaca, ainda, que, com este negócio, Excellium e a S21sec - líder e pioneira a nível Ibérico de serviços de cibersegurança, com presença relevante na América Latina - "reforçam o seu portfólio de serviços e tecnologias, permitindo aos clientes o acesso a uma oferta ainda mais completa, inovadora e integrada de soluções de cibersegurança".

Um investimento que é "particularmente importante" dado que "aumenta a capacidade de inovação de ambas as empresas" numa altura em que se assiste a um crescimento "exponencial" do cibercrime, não só no número de ocorrências, mas no seu impacto e complexidade. A Sonae IM destaca, ainda, a "significativa escala europeia" da Excellium e da S21sec, com presença em várias países, o que lhes permitirá "endereçar a exigência crescente de todas as organizações e, mais especificamente, às necessidades das grandes empresas no espaço europeu, garantindo uma resposta ágil e rápida de equipas altamente especializadas, próximas do cliente".

Christophe Bianco, sócio-gerente da Excellium, considera, por seu turno que a empresa encontrou na Sonae IM "não só um investidor financeiro, mas, também, um parceiro com conhecimento do sector", com ativos "distintivos" na área da cibersegurança. "Isto dá-nos a possibilidade de escrever um novo capítulo no desenvolvimento da empresa, com recursos e capacidades alargadas", frisa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de