Automóvel

Sucessora de Merkel critica “cruzada” contra carros a diesel

Foto: REUTERS/Axel Schmidt
Foto: REUTERS/Axel Schmidt

A líder da União Democrata Cristã (CDU) considera que proibir carros a diesel na Alemanha coloca em risco milhares de empregos.

A sucessora de Angela Merkel à frente da CDU lamentou esta segunda-feira que as organizações ambientais estejam a liderar uma “cruzada” contra os carros com motores a diesel.

Segundo a Reuters, Annegret Kramp-Karrenbauer afirmou que “o facto de centenas de milhares de empregos dependerem da industria automóvel é um facto muitas vezes ignorado”. A líder dos conservadores alemães sublinhou que as organizações de defesa do ambiente estão a fazer um “bom trabalho”, destacando no entanto a “impressão crescente de que existe uma cruzada contra o diesel”.

No ano passado várias cidades alemãs, como Berlim, Estugarda, Colónia ou Frankfurt decidiram banir a circulação de carros a diesel com motores mais antigos dos centros urbanos. Como forma de responder à medida, o governo alemão eliminou no final de 2018 as barreiras legais que impediam os fabricantes de atualizar os sistemas de filtros dos carros a diesel antigos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Tony Dias/Global Imagens)

Consumo dispara e bate subida de rendimentos

Hotéis de Lisboa esgotaram

“Grandes” eventos impulsionaram aumento dos preços na hotelaria em junho

Catarina Martins, Bloco de Esquerda

Catarina Martins diz que “Ryanair não pode ter um estatuto de impunidade”

Outros conteúdos GMG
Sucessora de Merkel critica “cruzada” contra carros a diesel