Taxa de desemprego jovem ainda é uma das maiores da UE

Desemprego continua a aumentar no mundo
Desemprego continua a aumentar no mundo

O desemprego entre os jovens com menos de 25 anos voltou a aumentar em janeiro depois de uma ligeira quebra em dezembro. O Eurostat dá hoje conta de que estão sem emprego 130 mil jovens portugueses.

Em janeiro, a taxa de desemprego jovem fixou-se nos 34,7%, uma subida ténue face aos 34,4% registados em dezembro. A descida é contudo enorme face ao mesmo mês do ano passado, quando a taxa atingiu os 40,3%. Contas feitas são menos 31 mil jovens desempregados do que há um ano.

Mesmo assim, Portugal mantém-se no pódio dos países com maior desemprego jovem, logo atrás de Espanha (54,6%) e de Itália (42,4%). E seguramente atrás dos recordes da Grécia, cujo último reporte remonta a novembro quando a taxa já estava nos 59%.

Estes valores contrastam com os registados no Norte da Europa. Na Áustria o desemprego jovem é de apenas 4,8% e na Alemanha é de 5,2%. No Luxemburgo, um país tradicional de emigração portuguesa, a taxa de desemprego jovem é igualmente reduzida, 5,4%.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, João Leão (D), durante o debate e votação da proposta do orçamento suplementar para 2020, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Bruxelas agrava projeção de contração em Portugal para 9,8%

Comissão Europeia, Bruxelas (REUTERS)

Bruxelas revê estimativas. Economia da zona euro deverá recuar 8,7% em 2020

Mário Centeno


TIAGO PETINGA/LUSA

Centeno defende repensar das regras da dívida e do défice na UE

Taxa de desemprego jovem ainda é uma das maiores da UE