INE

Taxa de desemprego sobe em novembro para 6,7%

Foto: Miguel Sousa / Global Imagens
Foto: Miguel Sousa / Global Imagens

Desemprego entre os jovens é o que mais sobe, de acordo com dados divulgados pelo INE esta quarta-feira.

A taxa de desemprego volta subir em novembro para os 6,7%, duas décimas à frente da registada no mês anterior, antecipa esta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE) em estimativas rápidas. É também confirmada uma taxa de 6,5% no mês de outubro, em linha com a última previsão.

Segundo os dados publicados, a população desempregada terá crescido em novembro em 2,7%, com mais nove mil desempregados que em outubro, para um total de 347,4 mil pessoas sem emprego.

O desemprego jovem é aquele onde se verifica maior acréscimo relativo. A taxa dos desempregados até aos 24 anos de idade sobe aos 19%, com 75 mil jovens fora do mercado de trabalho. Por comparação com outubro, a estimativa é de uma subida de 1,1 pontos percentuais nesta taxa.

Já entre os adultos, a taxa de desemprego estará em 5,7%, com aumento de apenas uma décima em relação a outubro.

O mês de novembro terá assistido também a um recuo na população empregada. Nas contas do INE, serão menos 16 mil indivíduos que em outubro (menos 0,3%), com a taxa de emprego a ficar em 62,5% (menos 0,2 pontos percentuais que em outubro).

Os dados de novembro apontam para uma redução ligeira no universo da população ativa, com menos sete mil pessoas disponíveis para o emprego em Portugal no mês de novembro – menos uma décima que no mês anterior – num universo, agora, de 5,19 milhões de pessoas.

Para 2020, o governo antecipa um crescimento de 0,6% do emprego e a redução da taxa de desemprego para 6,1%, de acordo com as projeções da proposta de Orçamento do Estado deste ano.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
2. Os telemóveis desvalorizam até 78% do investimento num ano

Burlas com SMS custam um milhão por ano aos consumidores

Ana Jacinto, secretária-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) antes de uma entrevista, esta manhã nos estúdios TSF.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Ana Jacinto. Hotelaria e restauração precisam de mais de 40 mil trabalhadores

Austin, EUA

Conheça o ranking das cidades mais desejadas pelos millennials em 2020

Taxa de desemprego sobe em novembro para 6,7%