Taxa de juro implícita no crédito à habitação desceu para 0,853% em fevereiro

A taxa de juro implícita nos contratos de crédito à habitação desceu 2 p.b em fevereiro. Valor da prestação média desceu um euro, para os 226 euros.

No mês de fevereiro, a taxa de juro implícita no crédito à habitação desceu 2 p.b, passando dos 0,873% em janeiro para os 0,853%.

Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro desceu de 0,744% em janeiro para 0,716% em fevereiro, conforme revelam os dados do Instituto Nacional de Estatística, divulgados esta quinta-feira.

Em fevereiro, o capital médio em dívida subiu 161 euros, fixando-se nos 55 447 euros. Para os contratos celebrados nos últimos três meses, o montante médio do capital em dívida aumentou para os 114 683 euros, mais 1 450 euros do que em janeiro.

Já em relação à prestação média do crédito à habitação foi registada uma descida de um euro, para os 226 euros. De acordo com o INE, na prestação média de 226 euros, 40 euros correspondem ao pagamento de juros e 186 euros (82%) referem-se a capital amortizado.

Já nos contratos celebrados nos últimos três meses (entre dezembro e fevereiro) o valor médio da prestação subiu três euros, fixando-se nos 288 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de