Euribor

Taxas Euribor mantêm-se a 3 e 12 meses e descem a 6 e 9 meses

A três meses a queda da taxa Euribor foi de 0,004 pontos para 0,187%

As taxas Euribor desceram hoje no prazos a seis e a nove meses e mantiveram-se a três e a 12 meses.

As taxas Euribor mantiveram-se hoje a três e a 12 meses e desceram a seis e a nove meses em relação a segunda-feira.

A Euribor a três meses, em valores negativos desde 21 de abril de 2015, voltou hoje, pela 20.ª sessão consecutiva, a ser fixada em -0,329%, contra o atual mínimo de sempre, de -0,332%, registado pela primeira vez em 10 de abril.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação e que entrou em terreno negativo pela primeira vez em 06 de novembro de 2015, desceu hoje para -0,274%, contra -0,276%, o atual mínimo de sempre, registado pela primeira vez em 30 de outubro.

A nove meses, a Euribor também desceu para -0,218%, menos 0,001 pontos do que na segunda-feira e contra o atual mínimo de sempre, de -0,224, registado pela primeira vez em 27 de outubro.

No prazo de 12 meses, a taxa Euribor, que desceu para valores abaixo de zero pela primeira vez em 05 de fevereiro de 2015, também voltou, pela sexta sessão consecutiva, a ser fixada em -0,186%, contra -0,192%, atual mínimo de sempre, registado pela primeira vez em 15 de novembro.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
7. Aeroporto de Londres Heathrow

Oficial. Portugal fora do corredor turístico do Reino Unido

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Decisão do Reino Unido é “absurda”, “errada” e “desapontante”, diz Santos Silva

O primeiro ministro, António Costa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

António Costa admite despedimentos na TAP com menos rotas e aviões

Taxas Euribor mantêm-se a 3 e 12 meses e descem a 6 e 9 meses