Táxis mais caros. Conheça os novos preços e a bandeirada a 3,5 euros

Taxis
Taxis

Após dois anos sem aumentos, os taxistas conseguiram que o Ministério da Economia aprovasse um novo tarifário que deverá entrar em vigor mal os taxímetros sejam atualizados. Nas tarifas urbanas, o valor da bandeirada (fixo) até à contagem da primeira fração ou impulso passa de 2 euros para 3,25 euros e é aplicada aos 1800 metros e não aos 220 metros atuais.

Por outro lado, as frações ou impulsos passam a ser contadas a partir dos 1800 metros em vez dos 220 metros atuais. Mal se entrar num táxi, o cliente pode dar como certa uma conta de 3,25 euros e, após 1,8 quilómetros, começam a acumular-se também frações de 10 cêntimos (agora são 15 cêntimos).

As tarifas urbanas noturnas passam de 2,50 euros por 176 metros para 3,90 euros por 1440 metros, mas os impulsos são iguais ao período diurno. De qualquer forma, a tarifa noturna agrava-se 20% relativamente à tarifa diurna.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP

Exportações e turismo afundam 9,6% e geram recessão de 2,3% no 1º trimestre

Cartões de crédito e débito. Fotografia: Global Imagens

Malparado: 10% das famílias com crédito está em incumprimento

Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Um quarto das empresas de alojamento e restauração está em incumprimento

Táxis mais caros. Conheça os novos preços e a bandeirada a 3,5 euros