Tayan Energy investe 700 milhões em Portugal, Espanha e Itália

Em Portugal, a Tayan fez uma parceria com a Inovolt e está a desenvolver projetos de 650 MW.

A Tayan Energy, uma joint-venture entre a Shanghai Electric e a Eland Private Equity, vai promover mais de um gigawatt (GW) em projetos fotovoltaicos em Espanha, Portugal e Itália, no valor de 700 milhões de euros.

A Tayan, com sede em Madrid, informou esta segunda-feira que a construção dos projetos vai começar no primeiro trimestre de 2021 nos três países.

A Tayan Energy foi criada no ano passado para desenvolver projetos de geração de energia renovável na Europa e agora está focada em modelos híbridos de energia solar fotovoltaica e de armazenamento de energia de bateria.

Em Portugal, a Tayan fez uma parceria com a Inovolt e está a desenvolver projetos de 650 MW, prevendo construir no princípio de 2021 o primeiro projeto de 300 MW, que inclui 15 megawatt-hora (MWh) de armazenamento de energia.

Em Espanha, a Tayan fez uma parceria com a Isemaren e colocou 50 milhões de euros em depósitos da rede.

Até o momento, possui 400 megawatts (MW) com a rede confirmada e prontos para construir, bem como um gasoduto em curso.

A Tayan associou-se em Itália com a Limes Renewable Energy, um dos principais promotores de energia renovável naquele país.

Os primeiros 55 MW de projetos desenvolvidos pela Limes foram adquiridos recentemente pela Tayan e as duas empresas estão a desenvolver em conjunto um projeto adicional de 330 MW.

Atualmente, a Tayan está a estudar vários projetos de armazenamento no Reino Unido.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de