Turismo

Taylor’s recupera casas históricas em Gaia para alojar funcionários

É no centro histórico de Vila Nova de Gaia que está a nascer o projeto World of Wine da Fladgate Partnership, liderada por Adrian Bridge. Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens
É no centro histórico de Vila Nova de Gaia que está a nascer o projeto World of Wine da Fladgate Partnership, liderada por Adrian Bridge. Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens

A falta de mão-de-obra é “o maior problema” do grupo, que vai contratar mais de 300 pessoas até 2020.

A Fladgate Partnership, dona da Taylor’s, vai investir na recuperação de edifícios na zona histórica de Gaia para instalar funcionários. A empresa, que tem os hotéis Yeatman e Infante de Sagres, precisa de contratar mais de 300 pessoas até ao próximo ano, só para o novo projeto do grupo, o World of Wine (WoW), e assume a preocupação. “O maior problema que tenho hoje é a falta de pessoal”, garante Adrian Bridge, diretor-geral da companhia.

A 16 meses da abertura do World of Wine, prevista para maio de 2020, as obras prosseguem a bom ritmo. O mega centro de visitas terá cinco museus e mais de uma dezena de restaurantes, vai ocupar uma área de construção de 30 mil m2 e dar emprego a 350 pessoas. Os primeiros 17 já foram contratados, em especial, diretores e chefes de departamento. Nos próximos meses chegarão aos 30, sendo que o grosso do recrutamento ocorrerá no último trimestre do ano. A noção de que este não vai ser um processo fácil levou Adrian Bridge a delinear um plano estratégico específico para a captação de recursos humanos e que prevê a recuperação de edifícios, que a empresa tem na zona histórica, para os transformar em apartamentos. O objetivo é, só neste ano, ter já capacidade para albergar 50 pessoas.

“Não há falta de trabalhadores para o turismo, eles existem noutras regiões do país. O problema é o preço das rendas no Porto e em Gaia”, explica. A aposta não é exclusiva no interior, mas, também, na captação de estudantes de outros países. “A dinâmica de Portugal no turismo está a gerar grande interesse junto de alunos estrangeiros que querem experimentar viver em Portugal. E isso é fantástico”, defende o gestor.

Economia local
O investimento associado poderá chegar a 1,5 milhões. Mas pode vir a ser alargado. “Se tiver oportunidade de fazer mais, farei. Preciso de alojamento para mais de 100 pessoas e temos muitos edifícios para recuperar, como a ‘casa dos padres’ (junto ao Yeatman) ou parte das instalações da quinta dos Barões”, refere, destacando o estímulo destas contratações para a economia local.

Emprego
O grupo The Fladgate Partnership conta com 842 trabalhadores, dos quais 486 no turismo. O World of Wine vai dar emprego a mais 350 pessoas e representa um investimento de 100 milhões de euros.

Turismo
As vendas do grupo no turismo cresceram 15% em 2018. Um crescimento sustentado pelo aumento de turistas no centro de visitas da Taylor’s, por lá passaram, o ano passado, 151 mil pessoas, e nos hotéis Yeatman, Infante de Sagres e Vintage House, mas, também, pela expansão destas unidades hoteleiras, que contam com mais quartos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
EDP_ENGIE2

EDP e Engie investem até 50 mil milhões para serem líderes em eólicas no mar

EDP_ENGIE2

EDP e Engie investem até 50 mil milhões para serem líderes em eólicas no mar

Da esquerda para a direita: Ricardo Mourinho Félix, secretário de Estado das Finanças, Angel Gurría, secretário-geral da OCDE, e Pedro Siza Vieira, ministro da Economia. Fotografia: Diana Quintela/Global Imagens

OCDE. Dinamismo das exportações nacionais tem o pior registo da década

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Taylor’s recupera casas históricas em Gaia para alojar funcionários