Telecomunicações

TDT. Mudança de emissores prossegue nos distritos da Guarda, Bragança e Viseu

Fotografia: Carlos Santos/Global Imagens
Fotografia: Carlos Santos/Global Imagens

Mudança abrange Guarda, Bragança e Vila Real (a metade leste) e os concelhos situados mais a leste do distrito de Viseu.

A mudança de emissores da Televisão Digital Terrestre (TDT) para libertar as faixas ocupadas com os canais para o 5G já arrancou nos distritos da Guarda, Bragança e Viseu, prolongando-se até 14 de outubro. O processo de migração retomou em agosto tendo sido já feita a alteração de 121 emissores, de um total de 243. O processo de mudança deverá estar concluído até ao final do ano.

A migração dos emissores nesses distritos – a região 5 – arrancou a 14 de setembro, com o emissor de Carpinteira – Covilhã, prolongando-se até 14 de outubro com a mudança de faixas do emissor de Mirandela. A mudança abrange os distritos da Guarda, Bragança e Vila Real (a metade leste) e os concelhos situados mais a leste do distrito de Viseu. Um total de 22 emissores será alterado.

 

Captura de ecrã 2020-09-16, às 12.18.46

Quando o emissor mudar de frequência, o ecrã do televisor ficará a negro, mas para continuar a ver os canais transmitidos pela TDT – como a RTP1, a SIC ou TVI – terá apenas de fazer uma nova sintonia da televisão ou do descodificador de TDT e poderá continuar a ver televisão gratuitamente.

“Não será necessário substituir ou reorientar a antena, trocar a TV ou o descodificador, e ninguém terá de subscrever serviços de televisão paga. No caso dos condomínios/edifícios que tenham instalações com amplificadores mono-canal poderão ter que os substituir”, destaca a Anacom.

Para ajudar neste processo, o reguladro criou uma linha telefónica de apoio gratuita (800 102 002), que funciona todos os dias entre as 9h e as 22h, para o qual as pessoas poderão ligar para esclarecer dúvidas e obter apoio na sintonia da sua televisão. Caso mesmo assim não consiga fazer a sintonia do televisor, a Anacom poderá agendar uma visita a casa dos seus técnicos de forma gratuita.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Arquivo/ Global Imagens

Transações de casas caíram 35,25% em abril. Preços começam a abrandar

(João Silva/ Global Imagens)

Estrangeiros compraram menos casas em Portugal em 2019. Preço por imóvel subiu

(JOSÉ COELHO/LUSA)

Cadeias de retalho contra desfasamento de horários. Aguardam publicação da lei

TDT. Mudança de emissores prossegue nos distritos da Guarda, Bragança e Viseu