Promoção

Têxtil investe 1,7 milhões em nova ação de charme

Foto: DR
Foto: DR

Indústria quer reforçar imagem de prestígio da produção nacional em quatro mercados externos, ao longo de dois anos.

A promoção da imagem dos têxteis e vestuário portugueses no exterior vai ser reforçada com um novo programa, designado por “Fashion from Portugal”, num investimento de 1,7 milhões de euros (cofinanciado com ajudas europeias), ao longo de dois anos.

Serão iniciativas complementares à participação em feiras internacionais, que incluem, entre outros, publicidade na imprensa especializada, catálogos, outdoors e a produção de vídeos virais para as redes sociais, segundo anunciou ontem, no Porto, a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP).

Espanha é um dos quatro mercados onde o setor quer apostar, por ser o maior destino das exportações nacionais, explica Paulo Vaz, diretor-geral da ATP. A Alemanha é outro alvo, por ser um país com um “grande potencial de crescimento”, tendo em conta que já foi o melhor cliente do país.

Por outro lado, os países nódicos, em especial a Dinamarca e a Suécia, têm revelado um interesse crescente pelo produto português, daí também terem sido incluídos na lista dos países para a nova campanha promocional. Por último, os Estados Unidos, onde os têxteis-lar nacionais são “top”, não podiam ser ignorados face às generosas taxas de crescimento das exportações, de 25% ao ano, ressalva Paulo Vaz.

“Tal como os têxteis-lar portugueses são reconhecidos como um produto ‘premium’, queremos que o vestuário nacional ganhe a mesma importância nos EUA, para que os empresários possam reforçar as suas vendas naquele mercado”, justifica o dirigente associativo.

Paulo Vaz sublinha que o novo programa visa “promover a imagem de uma cada vez maior qualificação dos têxteis e vestuário portugueses, associados a inovação, tecnologia, moda e serviço, um serviço de proximidade e cultural”.

O investimento agora anunciado vai juntar-se aos 13 milhões de euros anuais que o setor tem vindo a investir em feiras: são 80 certames, em 35 países, que envolvem cerca de 200 empresas.

Em 2015, as exportações do setor totalizaram 4836 milhões de euros, 5% acima das registadas em 2014.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: JOAO RELVAS / LUSA

Desemprego registado volta a crescer em agosto, supera 409 mil inscrições

ensino escola formação

Estes são os empregos e as competências mais procuradas em Portugal

Manuel Heitor, ministro do Ensino Superior.
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Alunos vão pagar até 285 euros para ficar em hotéis e alojamento local

Têxtil investe 1,7 milhões em nova ação de charme