Thatcher: Barroso “profundamente entristecido”, Obama fala de “campeã da liberdade”.

Durão Barroso, presidente da Comissão
Durão Barroso, presidente da Comissão

Presidente da Comissão Europeia disse à CNN que está “profundamente entristecido” com a morte de Margaret Thatcher.”Será lembrada tanto pelos seus contributos como pelas reservas que demonstrou em relação ao nosso projeto comum”, sublinhou Durão Barroso, acrescentando que a ‘dama de ferro’, como era conhecida, foi “uma participante circunspecta mas empenhada na União Europeia”.

O Presidente da Comissão Europeia acrescentou que a ex-primeira-ministra britânica ajudou a impulsionar o mercado único: “Assinou o Ato Único Europeu e ajudou a estimular o mercado único. Era uma líder a dirigir a família europeia dos países da Europa Central e Oriental, que antigamente se encontravam atrás da Cortina de Ferro.”

Também o presidente dos EUA, Barack Obama, relembrou hoje Margaret Thatcher como uma “campeã da liberdade” e uma “verdadeira amiga”, que os EUA acabaram de perder. Obama foi um dos políticos que fez questão de prestar tributo à ‘Dama de Ferro’, que morreu hoje aos 87 anos: “Uma filha de um merceeiro que se tornou na primeira mulher a ocupar o lugar de primeiro-ministro do Reino Unido, destacou-se como um exemplo para as nossas filhas, mostrando que não há nenhum teto de vidro impossível de ser partido”, declarou num comunicado divulgado pela Casa Branca e citado pela CNN.

“Como primeira-ministra, ela ajudou a restaurar a confiança e o orgulho, que foi sempre uma marca registada do Reino Unido. E como uma defensora, sem arrependimentos, da nossa aliança transatlântica, ela sabia que com força e determinação poderíamos vencer a Guerra Fria e ampliar a promessa de liberdade”, acrescentou o Presidente dos EUA.

Para o ex-primeiro-ministro britânico, Tony Blair, Thatcher era uma “figura política muito elevada”. “Muito poucos líderes conseguem mudar não só o cenário político do seu país como também o do mundo. Margaret era uma líder. O seu impacto global era enorme”, declarou Tony Blair em comunicado, acrescentando que a dama de ferro “era uma pessoa gentil e generosa”. “Apoiou-me sempre muito quando era primeira-ministra, embora estivéssemos em lados opostos da política.”

Em palavras à CNN, também o Secretário de Estado dos EUA, Henry Kissinger, quis prestar uma homenagem: “Ela era uma primeira-ministra tremenda, era uma grande dama, tinha opiniões muito fortes. E para aqueles que, como eu, a conheceram ao longo das décadas ela era uma pessoa muito quente, o que não coincide com a imagem pública que muitas vezes lhe foi atribuída.”

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Economia portuguesa afunda 16,3% entre abril e junho

Visitantes na Festa do Avante.

Avante!: PCP reduz lotação a um terço, só vão entrar até 33 mil pessoas por dia

covid 19 portugal casos coronavirus DGS

Mais 235 infetados e duas mortes por covid-19 em Portugal. Números baixam

Thatcher: Barroso “profundamente entristecido”, Obama fala de “campeã da liberdade”.