Brexit

Theresa May vence moção de censura dos conservadores

Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido. (Fotografia: Julien Warnard/ EPA)
Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido. (Fotografia: Julien Warnard/ EPA)

De acordo com as regras do partido, a líder do partido fica imune a novas moções de censura durante um ano.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, venceu a moção de censura interna do Partido Conservador à sua liderança, foi hoje anunciado no Parlamento britânico.

Graham Brady, presidente da Comissão 1922, que gere o processo de eleições internas do partido Conservador, revelou que 200 deputados votaram a favor e 117 contra.

De acordo com as regras do partido, a líder do partido fica imune a novas moções de censura durante um ano.

A vitória da chefe do executivo britânico na moção de censura representa igualmente um risco, já que, como está, o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE) está condenado a ser rejeitado no parlamento, a não ser que May consiga as “garantias adicionais” que pretende dos líderes europeus para apresentar na Câmara dos Comuns, a tempo de uma nova votação, antes de 21 de janeiro.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal

BES: Processos contra Banco de Portugal caem para metade

O primeiro-ministro, António Costa, gesticula durante o debate quinzenal na Assembleia da República, em Lisboa, 19 de março de 2019. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

António Costa: “Portugal vai continuar a crescer acima da média europeia”

Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/ LUSA

Rendas na energia: João Matos Fernandes encontrou “ambiente crispado”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Theresa May vence moção de censura dos conservadores