retalho

Trabalhadores da distribuição com várias ações durante o mês de junho

Fotografia: REUTERS/Olivier Pon
Fotografia: REUTERS/Olivier Pon

Para esta terça-feira estão previstos plenários nas lojas Ikea de Loures, Alfragide e Braga.

Os trabalhadores das cadeias de distribuição Pingo Doce, Continente, Auchan, entre outras, vão estar em luta para reivindicar melhores salários e o encerramento das lojas ao domingo e feriados, anunciou esta segunda-feira o sindicato dos trabalhadores do comércio.

Em comunicado o CESP – Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal refere que os trabalhadores pretendem lutar pelo aumento e igualdade dos salários em todos o país, assim como por horários que permitam ter vida pessoal e familiar.

No mesmo comunicado, o sindicato afirma estar contra a desregulação dos horários de trabalho e sem banco de horas, reivindica o fim da precariedade e exige a dignificação da carreira profissional dos operadores de armazém.

O CESP acusa a entidade patronal, a Associação Portuguesa das Empresas de Distribuição, e as empresas filiadas de insistirem para que os trabalhadores aceitem o banco de horas, sob pena de recusarem a negociação de aumentos salariais.

Para conseguir que estas reivindicações sejam atendidas, o sindicato agendou várias ações, entre as quais, a marcação de greves ao longo de vários dias do corrente mês.

Os trabalhadores do Pingo Doce de Braga já cumpriram um primeiro dia de greve no passado sábado, acompanhados dos filhos por ser Dia da Criança.

Para terça-feira estão previstos plenários nas lojas Ikea de Loures, Alfragide e Braga.

A partir do dia 7 e até 14 de junho estão agendados plenários junto a vários entrepostos da cadeia alemã Lidl.

Ainda a partir do dia 14 estão agendados contactos com os colaboradores da marca Intermarché e C&A.

No dia 17 as ações decorrem junto das marcas Pão de Açúcar, MyAuchan e Jumbo, detidas pelo grupo Auchan.

No dia 18 junho terá lugar uma greve de 24 horas dos trabalhadores da Dia/Minipreço, que inclui uma ação na sede da empresa para exigir a realização de uma reunião para discutir as reivindicações dos trabalhadores.

O sindicato tem ainda agendadas ações em 23 junho, em que a visada é a marca Continente, do grupo Sonae.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: Leonel de Castro/Global Imagens

Famílias com 12 meses para pagarem rendas do estado de emergência

(João Silva/ Global Imagens)

Papel higiénico, conservas:em 2 semanas, portugueses gastam 585 milhões no super

coronavírus em Portugal (covid-19) corona vírus

140 mortos e 6408 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Trabalhadores da distribuição com várias ações durante o mês de junho