Coronavírus

Trabalhadores em lay-off passam a receber entre 77% e 92% do salário

O primeiro ministro, António Costa.  Manuel de Almeida / LUSA
O primeiro ministro, António Costa. Manuel de Almeida / LUSA

O novo regime de suspensão temporária do contrato de trabalho a vigorar a partir de agosto será pago em função das horas trabalhadas.

O novo regime de lay-off vai pagar entre 77% e 92% do salário base dos trabalhadores e o pagamento será feito em função das horas trabalhadas, anunciou esta quinta-feira o primeiro-ministro.

“Atualmente, salvo os casos em que as empresas complementam, no lay-off simplificado o trabalhador ganha 66% do seu salário. Com este novo regime, já a partir de agosto passará a receber um vencimento entre 77% e 83% e a partir de outubro entre 88% e 92% do seu salário”, detalhou António Costa, depois da reunião do Conselho de Ministros.

No atual regime de lay-off simplificado, os trabalhadores recebem 66% do salário, com o estado a assegurar 70% do valor e a empresa o restante.

“O trabalhador verá aumentado o seu rendimento”, garantiu o chefe do Governo.

Notícia em atualização

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Paschal Donohoe

Sucessor de Centeno: Irlandês Donohoe surpreende e bate espanhola Calviño

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Défice de 2020 vai ser revisto para 7%. Agrava previsão em 0,7 pontos

Comissário Europeu Valdis Dombrovskis. Foto: STEPHANIE LECOCQ / POOL / AFP)

Bruxelas acredita que apoio a empresas saudáveis estará disponível já este ano

Trabalhadores em lay-off passam a receber entre 77% e 92% do salário