auto estradas

Tráfego da Brisa Concessão Rodoviária aumenta 6,2% no primeiro trimestre

Fotografia:  JOSÉ COELHO/LUSA
Fotografia: JOSÉ COELHO/LUSA

O tráfego nas infraestruturas da Brisa Concessão Rodoviária aumentou 6,2% no primeiro trimestre deste ano face ao mesmo período de 2017.

O tráfego nas infraestruturas da Brisa Concessão Rodoviária aumentou 6,2% no primeiro trimestre deste ano face ao mesmo período de 2017 para uma circulação média diária de 17.316 viaturas, anunciou hoje a empresa ao mercado.

Neste período, registou-se um “forte crescimento orgânico, apesar das fracas condições climatéricas”, refere a Brisa Concessão Rodoviária, numa informação divulgada, esta quarta-feira, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), acrescentando que “o crescimento de tráfego no primeiro trimestre de 2018 também beneficiou do efeito da Páscoa”.

Assim, entre janeiro e março deste ano, o tráfego médio diário atingiu 17.316 viaturas, enquanto no ano passado se fixou nas 16.308.

Quanto ao tipo de tráfego, 93,7% dos veículos eram ligeiros e 6,3% eram pesados.

Ainda assim, foi a circulação de pesados que mais cresceu: 7,9% face ao aumento de 6,1% dos ligeiros.

Realçando o “crescimento positivo em toda a rede”, a Brisa Concessão Rodoviária precisa, contudo, que as autoestradas “A6, A10 e A13 registaram as taxas de crescimento mais elevadas devido ao efeito da Páscoa”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa-19/12/2019  - Conferencia de Antonio Mexia ,CEO da EDP. 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Chinesa CTG vende 1,8% da EDP

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva (C), acompanhada pelo secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional, Miguel Cabrita(D) e pela secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdadepela (D), Rosa Monteiro, durante a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa, 26 de fevereiro de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo propõe licença parental paga até um ano no trabalho em part-time

O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Novo Banco: Estado como acionista só dilui posição do Fundo de Resolução

Tráfego da Brisa Concessão Rodoviária aumenta 6,2% no primeiro trimestre