Tribunal suspende construção da Gigafactory da Tesla na Alemanha

Questões ambientais estão na origem da decisão do tribunal, que este domingo ordenou a suspensão das obras da primeira fábrica da Tesla na Europa.

É uma vitória para as associações ambientalistas que, desde novembro, se têm manifestado contra a construção da Gigafactory da Tesla em Gruenheide, perto de Berlim. Este domingo, um tribunal alemão ordenou a suspensão temporária dos trabalhos, avança a agência Reuters, devido ao abate de árvores.

Segundo a Reuters, está em causa um processo movido por uma organização ambientalista contra o projeto. O tribunal alega que, caso o corte de árvores continuasse, os 92 hectares de floresta em causa estariam limpos dentro de três dias. O que não daria tempo à justiça de apreciar a queixa apresentada esta sexta-feira pelos ambientalistas.

"Não se pode assumir que o processo instaurado pela Gruene Liga Brandenburg não tem hipóteses de sucesso", lê-se na ordem do tribunal, citada pela Reuters. Os ambientalistas alegam que a Gigafactory da empresa liderada por Elon Musk, que será a primeira fábrica de baterias e automóveis da marca na Europa, é uma ameaça às espécies da região, bem como ao fornecimento de água.

A intenção de avançar para a construção da fábrica foi anunciada pela Tesla no passado mês de novembro. A concretizar-se, será a terceira Gigafactory da marca de carros elétricos no mundo, depois dos Estados Unidos e da China. A Tesla quer ter a fábrica de Berlim operacional em meados do próximo ano.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de