Turismo

Turismo já vale 7% da economia portuguesa

Centenas de turistas visitam todos os dias os jardins do Palácio de Cristal, no Porto. Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens
Centenas de turistas visitam todos os dias os jardins do Palácio de Cristal, no Porto. Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens

Os números estão na Conta Satélite do Turismo, que não era publicada há sete anos

Mais de onze mil milhões de euros foi quanto o turismo rendeu à economia nacional em 2016. Os números estão na Conta Satélite do Turismo, que não era publicada há sete anos, e foi revelada esta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo o relatório, o Valor Acrescentado Bruto (VAB) gerado pelo turismo aumentou 10% no ano passado e já representa 7,1% do VAB total da economia portuguesa. Em comparação, o crescimento nominal do VAB total na economia portuguesa ficou-se pelos 2,6% em 2016.

O documento destaca que o consumo do turismo em Portugal atingiu 12,5% do PIB no ano passado, mais 5,8% face a 2015. Já as exportações de turismo totalizaram 18,4% das exportações nacionais em 2014 e 2015.

Já no que toca ao emprego, as contas revelam que em 2015 o turismo representava 9,1% do total nacional. A remuneração média praticada no setor está 2,4% acima da média nacional.

A Conta Satélite permite ainda comparar o peso do turismo em Portugal com os restantes países europeus. E aqui o país surge sempre no pódio. Portugal surge em segundo lugar, apenas atrás de Espanha, no peso do turismo para o crescimento da economia. E atrás de Malta na importância do setor para o PIB.

Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo, ressalvou a importância da divulgação dos dados da Conta Satélite, um trabalho conjunto, pela primeira vez, do INE, do Banco de Portugal e do Turismo de Portugal.

“Estes números são uma fonte de informação fundamental da atividade turística e permitem-nos escalar no ranking da competitividade. Tínhamos deixado de estar no ranking da Organização Mundial do Turismo (OMT) e vamos poder voltar. Da últimas vez que lá estivemos ocupávamos o lugar 35º e agora conseguiremos chegar ao top 20”, salientou Ana Mendes Godinho.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Gustavo Bom / Global Imagens)

Sofia Tenreiro: “Estamos a captar os portugueses que não queremos que fujam”

O ministro do Trabalho e da Segurança Social, Vieira da Silva (C), ladeado por Ana Teresa Lehmann, secretária de Estado da Indústria (D), e Miguel Cabrita (E), secretário de Estado do Emprego, fala aos jornalistas no final da reunião com administração e Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa para discutirem um modelo de trabalho para o próximo ano, no Ministério do Trabalho e da Segurança Social, em Lisboa, 15 de dezembro ded 2017.  Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Autoeuropa. Governo dá luz verde a creches para destravar diálogo

Mário Centeno. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Fitch dá maior subida de rating de sempre a Portugal e coloca país no grupo da Itália

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
Turismo já vale 7% da economia portuguesa