Turismo

Turismo de Portugal investe 100 mil euros em nova campanha de promoção

Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal .
Fotografia: Nuno Pinto Fernandes / Global Imagens
Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal . Fotografia: Nuno Pinto Fernandes / Global Imagens

Nova fase da campanha "Can't Skip Portugal" tem início previsto em novembro. O objetivo é atrair mais turistas dos principais mercados emissores.

O Turismo de Portugal quer levar a mensagem de um país “destino de verão” ao Reino Unido, Espanha, França, Alemanha e Estados Unidos da América e, para isso, investiu 100 mil euros numa nova campanha de promoção internacional. Chama-se “Portugal. The Summer” e arranca, em novembro, exclusivamente nos meios digitais.

Trata-se de uma nova fase da campanha “Can’t Skip Portugal”, mas agora composta por cinco filmes gravados durante o verão e que têm como temas o mar, o sol, a natureza, a música e a comida, em alusão aos cinco sentidos.

A banda sonora é dos Portugal. TheMan e de todos aqueles que queiram criar a sua versão. Os cinco melhores covers da canção “Live In The Moment” serão escolhidos pela banda norte-americana.

“Aproveitámos o veículo música para pôr Portugal nos ouvidos das pessoas, utilizando uma banda que tem a nossa identidade no nome”, explicou a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, aos jornalistas. A ideia, segundo a governante, é também “estimular a criação e co-criação da própria imagem de Portugal”, através de “campanhas inovadoras, diferentes e que espantam o público”.

As maquetes devem ser submetidas online, até 20 de agosto, através da plataforma portugalthesummer.com. Os cinco vencedores ganham também uma viajem a Portugal e a oportunidade de tocarem num festival de verão nacional, por revelar, em 2019.

Veja o vídeo:

A carregar player...
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Alberto Souto de Miranda
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Governo. “Participar no capital” dos CTT é via “em aberto”

Congresso APDC

“Temos um responsável da regulação que não regula”

Congresso APDC

Governo. Banda larga deve fazer parte do serviço universal

Outros conteúdos GMG
Turismo de Portugal investe 100 mil euros em nova campanha de promoção