Crise na Turquia

Turquia já é o 13º maior fornecedor de Portugal

Fotografia: REUTERS/Muyu Xu
Fotografia: REUTERS/Muyu Xu

As importações de bens da Turquia dispararam 19,4% no primeiro semestre de 2018 para 440 milhões de euros.

As importações de bens da Turquia dispararam 19,4% no primeiro semestre de 2018, tornando aquele país no 13º maior fornecedor de Portugal.

Em 2017, a Turquia ocupava a 14ª posição no ranking de fornecedores de bens a Portugal. Um ano antes, era o 16º maior fornecedor, segundo dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

A moeda turca afundou esta sexta-feira 18% para um mínimo histórico face ao dólar depois dos Estados Unidos terem anunciado a duplicação das tarifas sobre metais provenientes da Turquia. Receios de que a crise turca alastre a outras economias penalizaram hoje os mercados acionistas e outras moedas, incluindo o euro, que desceu ao valor mais baixo em mais de um ano contra o dólar.

Entre janeiro e junho deste ano, Portugal importou da Turquia bens no valor de 440 milhões de euros na primeira metade desde ano, face a 368,6 milhões de euros em igual período de 2017.

Um quarto das compras feitas à Turquia corresponde a bens da categoria de veículos e tratores, 13,9% diz respeito a importações de ferro fundido, ferro e aço e 12% é a relativo a algodão.

Como comprador, a Turquia tem vindo a perder lugares no ranking dos principais destinos das exportações portuguesas e ocupa agora a 20ª posição. Portugal exportou 202,5 milhões de euros nos primeiros seis meses deste ano, mais 3,9% do que em igual período do ano passado. Em 2017, a Turquia foi o 19º maior comprador.

O saldo da balança comercial de bens entre Portugal e a Turquia tem vindo a acentuar a tendência de um valor negativo. Em 2017, Portugal importou 663,6 milhões de euros daquele mercado e exportou 388,7 milhões de euros, resultado num défice comercial de 274,9 milhões de euros.

Papel e cartão e pasta de papel é a categoria que lidera nas exportações portuguesas de bens para o mercado turco, correspondendo a 17% do total de bens exportados para aquele destino, seguida de máquinas e material elétrico, pastas de madeira, combustíveis minerais e plásticos.

Na lista das maiores exportadoras para a Turquia estão a Navigator (Portucel), a Celbi, a Bosh, a Continental Mabor, a Petrogal, a Fisipe, a Yazaki Saltano de Ovar, a TMG e a Fapricela.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Pedro Queiroz Pereira

Pedro Queiroz Pereira deixa império de mil milhões

O presidente executivo do Banco Santander Totta, António Vieira Monteiro, intervém durante a divulgação dos resultados relativos ao 1.º semestre de 2018 do Santander Totta, Lisboa, 1 de agosto de 2018. MIGUEL A. LOPES/ LUSA

Vieira Monteiro: país deve muito a Queiroz Pereira

Outros conteúdos GMG
Turquia já é o 13º maior fornecedor de Portugal