Uber chinesa lança plataforma de bicicletas partilhadas

A principal aplicação de serviços de transporte chinesa, Didi Chuxing, anunciou hoje o lançamento de uma plataforma de bicicletas partilhadas

A principal aplicação de serviços de transporte chinesa, Didi Chuxing, anunciou hoje o lançamento de uma plataforma de bicicletas partilhadas, que integra na aplicação os serviços das chinesas Ofo e Bluegogo e cria uma marca própria.

A firma chinesa, equivalente ao Uber, afirmou ter chegado a acordo com o Bluegogo, para que as bicicletas azuis daquela empresa possam ser alugadas através da aplicação do Didi, sem exigir o pagamento de um depósito.

"O Didi espera trabalhar com mais parceiros para apoiar o crescimento sustentável da indústria dos transportes partilhados e para criar uma melhor experiência de mobilidade", disse a empresa em comunicado.

O uso de bicicletas partilhadas, cuja utilização é paga através da digitalização do código QR, registou um 'boom' nas cidades chinesas, nos últimos dois anos.

Os pioneiros deste sistema no país foram estudantes da Universidade de Pequim, que criaram a marca Ofo, e em 2015 expandiram o negócio para além do campus universitário.

Desde o ano passado, o Ofo está também presente em Portugal, com 50 bicicletas disponíveis no concelho de Cascais.

A China tem 70 marcas diferentes a prestar aquele serviço e um total de 16 milhões de bicicletas espalhadas por diferentes cidades.

O Didi comprou, em meados de 2016, as operações da Uber na China, assumindo controlo total do mercado do país.

Na semana passada, deu o primeiro passo para a internacionalização, ao comprar uma participação na brasileira 99Taxis, aplicação de transporte privado líder do mercado em São Paulo e Rio de Janeiro.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de