Um ano de pandemia. Metalurgia apela ao reforço dos capitais das empresas

Também a metalurgia fala num ano "especialmente difícil e desafiante", mas em que as empresas mostraram a sua "força e resiliência". Após sete meses consecutivos de quebras homólogas que chegaram a superior os 50%, em agosto, as exportações da fileira voltaram a terreno positivo. Uma tendência que só voltou a ser interrompida em dezembro.

No total, a fileira do metal perdeu 12,7% face a 2019, ficando-se pelos 17,1 mil milhões de euros. Mas obteve um crescimento homólogo de 0,5% no último quadrimestre do ano, sendo de destacar que, em outubro de 2020, somou 1,9 mil milhões de euros de vendas ao exterior, o que corresponde a um aumento homólogo de 3,7% e ao "o melhor valor mensal de sempre" da fileira, destaca o vice-presidente da AIMMAP.

Além das graves consequências da pandemia e do confinamento, as empresas têm sido afetadas por "inúmeras outras questões paralelas ou consequentes", como o aumento do absentismo, o agravamento dos custos dos transportes marítimos, a escassez de matérias-primas e a subida dos seus custos, bem como as restrições rodoviárias em alguns países europeus. Um ano de pandemia trouxe, também, problemas de descapitalização, tornando as empresas "mais frágeis" do ponto de vista financeiro.

Para Rafael Campos Pereira, é agora "essencial dinamizar as empresas privadas reforçando os seus capitais no sentido de se poder mitigar os danos causados pela pandemia e pelos confinamentos e tornando-as mais competitivas nos mercados globais". Este responsável lembra que empresas "pouco robustecidas" em termos de capitais, "não podem ser competitivas, não conseguirão dar o salto para ultrapassar a crise, nem serão capazes de dar resposta às linhas de ação dominantes rumo à descarbonização, à economia circular, à transição energética e à digitalização".

Segundos os dados do IEFP, a indústria metalúrgica de base e fabricação de produtos metálicos tinha, em janeiro, 4.127 desempregados, um aumento de 16,7% face ao período homólogo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de