exportações

Um brilho português no Marais

A recentemente inaugurada flagship das Galerias Lafayette, nos Campos Elísios. EPA/IAN LANGSDON
A recentemente inaugurada flagship das Galerias Lafayette, nos Campos Elísios. EPA/IAN LANGSDON

Portugal em destaque até junho, no BHV e por toda a Paris com iniciativas que visam promover a economia, a gastronomia e o turismo nacional em França.

Portugal foi escolhido pelos históricos armazéns BHV, na zona do Marais, em Paris, como país convidado entre maio e junho. Com o mote “Sous le soleil du Portugal” (ou ao sol de Portugal, em português), estes grandes armazéns multimarcas, que abrangem desde vestuário até acessórios para casa, vão promover o país e também cerca de 50 marcas nacionais.

“Consideramos que é uma oportunidade excecional de consolidar este bom momento da relação económica bilateral, o próprio BHV (a flagship store do Grupo Galeries Lafayette), é que identificou Portugal como um tema que interessaria ao seu público e nós, o Turismo de Portugal, a AICEP e a Embaixada de Portugal, tentámos aproveitar esta iniciativa para fazer um bombardeamento estratégico ao público de Paris”, disse o embaixador Jorge Torres Pereira, em declarações aos jornalistas após apresentar o plano de ação para as próximas semanas.

Um “bombardeamento” que faz sentido para os grandes armazéns franceses. “Portugal é um destino preferido pelos franceses, mais de três milhões de franceses foram a Portugal este ano. […] Este país inspira os franceses através da sua riqueza e diversidade”, disse Amandine de Souza, diretora dos armazéns BHV, em declarações à Agência Lusa.

A ideia de trazer Portugal para dentro dos armazéns partiu da empresa francesa após um questionário feito aos seus clientes, depois de já terem tido a presença da África do Sul, Dinamarca e Reino Unido. Assim, no meio destes armazéns com vários andares, há pequenos nichos com oliveiras e diversos produtos portugueses, como sabonetes, marroquinaria ou loiça. Esta divulgação contou também com o apoio financeiro da AICEP e do Turismo de Portugal.

À volta desta presença nos armazéns BHV – que está a ser divulgada na imprensa francesa, mas também no Metro de Paris e conta com publicidade no exterior do edifício -, a AICEP, o Turismo de Portugal e a Embaixada de Portugal em França construíram um programa para dar a conhecer outras facetas do país. Assim, haverá até ao final de junho apresentações de livros, exposições ou provas gastronómicas.

No dia 22 de maio, a representação de Portugal na UNESCO vai organizar em conjunto com outros países lusófonos o “Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP”, que vai contar com a presença dos humoristas Ricardo Araújo Pereira e Fary Lopes, franco-cabo-verdiano, o rapper Chullage e a atriz brasileira Maria Fernanda Cândido, entre outros.

No âmbito da cooperação económica, a embaixada vai promover já na quarta-feira um encontro entre o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e cerca de quatro dezenas de investidores franceses presentes em Portugal e potenciais investidores, desde o setor aeronáutico, à saúde ou energia.

Paris vai também receber a visita de outros membros do Governo português entre maio e junho, como a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

Entre os eventos promovidos pela secretária de Estado está um almoço elaborado pelo chef Ricardo Lúcio para jornalistas em Paris e um encontro em Cannes para promover Portugal como destino de filmagens junto da indústria cinematográfica.

Com Portugal na moda em França nos últimos anos, Jorge Torres Pereira não acredita na fatiga da imagem do país juntos dos franceses: “O conhecimento que há de Portugal é muito superficial. Às vezes, nós iludimo-nos e achamos que as pessoas sabem muito mais de nós do que na realidade sabem. Penso que não só o que vamos tentar fazer não é demais, mas o desafio que se coloca a seguir é conseguir continuar a interessar o público francês”, concluiu o embaixador de Portugal em França.

Uma ideia partilhada pela diretora do BHV: “Mais do que nunca, o Portugal é um destino moderno. Se Lisboa, Porto ou Comporta são já sítios conhecidos, os franceses vêm hoje descobrir outras regiões mais selvagens. É esse também um dos objetivos desta operação: mostrar a diversidade do país. Portugal ainda continua a seduzir”, afirmou Amandine de Souza.

A presença de Portugal nos armazéns BHV vai ser oficialmente inaugurada esta quarta-feira, contando com a presença da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, do secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, e dos presidentes da AICEP e do Turismo de Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo promulga alterações à lei laboral

Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (Fotografia: José Coelho/ Lusa)

Marcelo promulga alterações à lei laboral

. MÁRIO CRUZ/LUSA

Bases para negociação “ainda longe do necessário”, avisa sindicato

Outros conteúdos GMG
Um brilho português no Marais