Os jogadores de futebol mais bem pagos do mundo? Um é ex-jogador

Depois de vestir a camisola do Manchester United dos 15 aos 28, espantou o mundo ao trocar, em 2003, o estatuto de lenda do clube inglês por um lugar num plantel do Real Madrid repleto de artistas, como Ronaldo Fenómeno, Zidane ou Figo, todos ainda melhores do que ele.

Nesse momento, porém, passou de fenómeno british a ícone global.

E foi ainda mais surpreendente que em 2007, no auge dos 32 anos, tenha trocado Madrid, meca do futebol, pelo Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos.

Nesse momento, porém, passou de ícone global a sinónimo de soccer no fabuloso mercado norte-americano.

E é na condição de sinónimo de soccer que David Robert Joseph Beckham, reformado desde 2013, hoje com 45 anos, assinou já este ano um contrato milionário de embaixador da Panini America, líder do mercado de coleções de cromos de futebol.

Para engordar ainda mais o salário de 50 milhões de dólares mensais, que o coloca entre os jogadores mais bem pagos sem precisar de ralar os joelhos na relva fim de semana após fim de semana, e uma fortuna estimada em mais de 450 milhões, sem necessitar de treinos bi-diários e palestras de treinadores e estágios, Beckham deve apenas ceder à empresa o seu autógrafo em cartões, fotografias, camisolas e bolas de futebol.

Entre dezenas de investimentos que o tornam um dos futebolistas (ou ex-futebolistas) mais ricos do mundo, o inglês é dono da Beckham Miami United, que comprou um clube, o Inter Miami, e construiu um estádio de 20 mil pessoas, e da Beckham Brand Holdings, que investe até em whisky no seu Reino Unido natal.

Aliás, Beckham e a ex-Spice Girl Victoria, a sua mulher, deixaram a mansão de 10 casas de banho em Beverly Hills, vendida por 33 milhões de dólares, para passar mais tempo na Europa, na casa de férias no sul de França, na mansão no chique bairro londrino Holland Park, na propriedade rural nas Cotswolds, a duas horas da capital britânica, e, claro, no espetacular palácio de Herfordshire que a imprensa apelidou de "Beckingham Palace".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de