Trabalho

Um quarto dos portugueses sente-se triste na véspera do regresso ao trabalho

girl-1822702_1920

Estudo realizado pela momondo destaca que é nos últimos momentos de descanso que os portugueses começam a sentir-se mais em baixo.

O final das férias traz consigo um sentimento de tristeza. Metade dos portugueses afirma sentir-se triste ou mal-humorado ao regressar das férias de verão, especialmente os mais novos, dos 18 aos 35 anos. Um quarto chega mesmo a afirmar que é o último dia de férias que mais parece influenciar o seu estado de espírito, de acordo com um estudo realizado pela momondo – International Travel Study.

Os dados destacam que é nos últimos momentos de descanso que os portugueses começam a sentir-se mais em baixo – 20% dizem que esse estado de espírito começa antes de iniciar o regresso e 17% quando já deu início à viagem rumo a casa.

O estudo mostra também que 64% dos inquiridos tentam ter mais tempo extra, tirando mais dias ou evitando marcar compromissos, antes de retomar a rotina. Uma alimentação cuidada, mais horas de sono e exercício físico são também formas encontradas pelos portugueses para tornar o regresso mais fácil.

Para as mulheres, a pior tarefa depois de regressar de férias é lavar a roupa, já para os homens a pior parte é ter de fazer compras para abastecer o frigorífico.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Diretor-geral da fábrica da PSA Mangualde, José Maria Castro, fotografado na linha de montagem. (Fernando Fontes / Global Imagens )

Futuro da PSA Mangualde depende de apoio do Governo a projeto de 18 milhões

Jerónimo Martins é dona do Pingo Doce

Lojas Pingo Doce “que estavam perto da Mercadona cresceram”

Hebe

Jerónimo Martins expande marca Hebe para Eslováquia e República Checa

Um quarto dos portugueses sente-se triste na véspera do regresso ao trabalho