OE2018

Vales sociais vão ajudar a pagar despesas com transportes

Avanza foi a empresa escolhida para ficar com a concessão da Carris e do Metro de Lisboa

As despesas com transportes públicos também vão poder ser apoiadas pelos vales sociais atribuídos pelas empresas aos seus funcionários

O Governo pretende alargar a atribuição dos ‘vales sociais’, passando a permitir o apoio aos trabalhadores que utilizem transportes públicos. Os “vales mobilidade” juntam-se, assim, aos “vales infância” e “vales educação” a partir de 1 de janeiro de 2018, de acordo com a versão preliminar da proposta de lei do Orçamento do Estado para 2018 a que o Dinheiro Vivo teve acesso.

A proposta pretende, assim, potenciar “a adoção de formas de mobilidade sustentáveis, que promovam a descarbonização da economia e fomentem a transformação cultural necessária ao atingimento das metas do Acordo de Paris”, mostra o documento datado de dia 10 de outubro.

São elegíveis para estes vales ou cartões os serviços de transporte público, coletivo e individual e ainda um veículos descaracterizados de passageiros ou serviços de aluguer de curta duração tipo car-sharing ou bike-sharing e ainda serviços de transporte coletivo de crianças.

“A emissão do vale social ‘Vale de Mobilidade’ está limitada ao valor máximo de € 2750, por titular e ano civil”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Gustavo Bom / Global Imagens)

Sofia Tenreiro: “Estamos a captar os portugueses que não queremos que fujam”

Fotografia: REUTERS/Dado Ruvic/Illustration

Bitcoins ou libras de ouro? O que é mais fácil trocar?

Mário Centeno. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Fitch dá maior subida de rating de sempre a Portugal e coloca país no grupo da Itália

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
Vales sociais vão ajudar a pagar despesas com transportes