fisco

ViaCTT. Fisco devolve coimas a mais de 8 mil contribuintes esta semana

António Mendonça Mendes, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais. Fotografia: Reinaldo Rodrigues/Global Imagens
António Mendonça Mendes, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais. Fotografia: Reinaldo Rodrigues/Global Imagens

Devolução do valor será feito esta semana até à próxima quinta-feira, garante a Autoridade Tributária e Aduaneira

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) vai proceder esta semana à devolução do valor das coimas pagas por mais de 8 mil contribuintes por não aderirem à caixa postal eletrónica, ViaCTT.

No antigo código contributivo, um contribuinte que fosse obrigado a aderir à ViaCTT e não o fizesse atempadamente estaria sujeito ao pagamento de uma coima que poderia ir dos 50 aos 250 euros.

Nesse sentido, segundo dados da AT, “foram instaurados 48.285 processos de contraordenação por falta de comunicação da adesão a este serviço. Desse universo, 48.052 foram anulados, dos quais 8.354 registavam pagamento. Os restantes 233 processos já haviam sido extintos pelos Serviços de Finanças.”

Os processos foram anulados com a Lei do Orçamento do Estado de 2019, que promoveu uma alteração ao Código do Procedimento e Processo Tributário e ao Regime Geral das Infrações Tributárias. Agora “os contribuintes que, nos termos da lei, estão obrigados a aderir à caixa postal eletrónica (ViaCTT), passarão a receber as suas notificações da AT através do Portal das Finanças caso não realizem a adesão no prazo legalmente previsto, não havendo qualquer sanção associada”.

Com a anulação dos processos, a AT irá “proceder à restituição das respetivas coimas nos processos que registaram pagamento”, ou seja, abrangendo 8354 contribuintes, “contando que as transferências se tornem efetivas, com os valores na conta bancária, já na próxima quinta-feira, dia 24 de janeiro.”

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

O vice-presidente do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas, Pedro Henriques (C), fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa sobre o fim da greve dos motoristas de matérias perigosas, em Lisboa. MÁRIO CRUZ/LUSA

Sindicato prevê abastecimento de combustíveis normalizado em dois dias

Fernando Fontes / Global Imagens

Prio vai abrir terminal em permanência até domingo para reposição de ‘stock’

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
ViaCTT. Fisco devolve coimas a mais de 8 mil contribuintes esta semana