Vinho do Porto entrou na moda e as vendas crescem a dois dígitos

No primeiro trimestre deste ano venderam-se só em Portugal 24 mil caixas de Porto com um aumento de 21,7% em valor, para 10,9 milhões de euros

A aposta do Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto (IVDP) na imagem dos vinhos que representa junto dos mais novos e no mercado interno mostrou os primeiros resultados no primeiro trimestre deste ano. "Nunca o vinho do Porto cresceu assim", adianta Manuel Cabral, presidente do IVDP, referindo-se ao aumento de 21,7% em valor nas vendas de vinho do Porto no mercado interno, num total de 10,9 milhões de euros que são complementares aos 57,5 milhões de euros exportados.

"Este crescimento revela que a aposta do IVDP e das empresas no mercado nacional está a dar frutos. Há quem diga que o turismo também contribui para este aumento, mas não é legítimo dizer que é só isso porque tem havido um aumento do consumo pelos residentes", analisa Manuel Cabral. Um exemplo dessa aposta na promoção do vinho do Porto é o Porto & Douro Wine Show, já na 10ª edição, que se realiza no próximo fim de semana em Lisboa, no Mercado da Ribeira. "Além de ser uma mostra de vinhos do Porto, é uma oportunidade de simplificarmos o vinho do Porto às pessoas, por exemplo com o 'speed tasting', onde em dois minutos fica a saber o que é um ruby", explica o responsável.

Apesar de o ano passado ter sido um ano de vendas recorde para os vinhos do Douro e do Porto e de os números do primeiro trimestre deste ano superarem os do período homólogo do ano que passou, o presidente do IVDP recusa antecipar novos recordes. "Há um ano, o primeiro trimestre não foi tão bom e nada fazia prever que iríamos encerrar o ano com um recorde em que ultrapassámos, pela primeira vez, os 500 milhões de euros de vendas. Ninguém imaginaria como seria o resto do ano e é nos últimos quatro a cinco meses que se concentram as maiores vendas de vinho do Porto, mas também os mercados nem sempre têm um comportamento previsível", justifica.

Os vinhos do Douro têm acompanhado, também, a valorização dos do Porto, tendo as vendas crescido 18,2% em valor no mercado interno, num total de 17,3 milhões de euros, no primeiro trimestre de 2016. As exportações têm crescido também, atingindo 11,9 milhões de euros e 33 mil caixas no período em causa.

No primeiro trimestre deste ano, os vinhos do Douro e do Porto cresceram 4,1% em volume de negócios face ao período homólogo de 2015, subiram 1,9% no preço médio e venderam +2,1% em quantidade de caixas. Nas exportações, o vinho do Porto tem vindo a perder "alguma quantidade", tendo sido vendidas 1,45 milhões de caixas, mas o aumento do preço médio é, para Manuel Cabral, "mais importante, porque estamos a valorizar o produto".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de