Vírus informático

Vírus informático “BadRabbit” fez 200 “ataques” no leste europeu

virus

Foram detetados 200 ataques através do vírus "BadRabbit", pela companhia russa de segurança informática Kapersky.

A companhia russa de segurança informática Kapersky disse hoje que detetou 200 ataques através do vírus “BadRabbit” que exige o pagamento de um resgate para desbloquear os computadores afetados.

“A maioria das vítimas [do vírus informático] encontram-se na Rússia. Um número inferior de ataques ocorreu na Ucrânia, Turquia e Alemanha”, indica um comunicado da empresa.

Entre os afetados pelo vírus informático “BadRabbit” encontra-se a agência de notícias Interfax que desde terça-feira suspendeu o serviço regular de distribuição de notícias aos subscritores e que foi obrigada a recorrer às redes sociais para difundir os textos noticiosos.

Os ataques atingiram igualmente os computadores do metropolitano de Kiev e do aeroporto de Odessa, na Ucrânia.

De acordo com os especialistas, a propagação do vírus informático ocorreu através de páginas de meios de comunicação social na internet.

Os autores do ataque exigem o pagamento de 0,05 bitcoins (202 euros) para desbloquear os computadores afetados.

O ministro das Telecomunicações russo, Nikolai Nikiforov, à margem de um encontro da União Euroasiática, em Erevan, desdramatizou a situação.

“Estes ataques acontecem constantemente. Eu não dramatizo. Geralmente temos a tendência para vermos grupos organizados por trás destes ataques, mas trata-se simplesmente de um problema de cultura na área da segurança informática”, disse Nikiforov citado pela agência russa Ria Novosti.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Centeno mantém crescimento de 1,9% este ano. Acelera para 2% no próximo

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Dívida pública desce mais devagar do que o previsto

desemprego Marcos Borga Lusa

Taxa de desemprego nos 5,9% em 2020. A mais baixa em 17 anos

Outros conteúdos GMG
Vírus informático “BadRabbit” fez 200 “ataques” no leste europeu