resultados semestrais

Vista Alegre com prejuízos de 3,4 milhões no primeiro semestre

Loja da Vista Alegre.
(Maria João Gala / Global Imagens)
Loja da Vista Alegre. (Maria João Gala / Global Imagens)

O volume de negócios do grupo caiu 26% face ao período homólogo e ficou-se pelos 42,6 milhões de euros

O grupo Vista Alegre fechou o primeiro semestre com 3,4 milhões de euros de prejuízos, que comparam com os 3,7 milhões de lucros registados em igual período de 2019. O resultado operacional foi negativo em dois milhões. O volume de negócios caiu 26% para 42,6 milhões, suportado nas exportações, que cresceram 7,4 pontos percentuais, relativamente ao período homólogo, essencialmente com as vendas para países como França, Holanda e Itália.

“Apesar do contexto extremamente adverso sentido especialmente no segundo trimestre deste ano, com toda a rede de retalho encerradas, com as fábricas encerradas pelas férias antecipadas e com a adesão ao lay-off, o grupo Vista Alegre conseguiu crescer o seu EBITDA no segundo trimestre para os 4,1 milhões de euros”, pode ler-se no comunicado.

O grupo dá ainda conta que, apesar das “circunstâncias excecionais” que Portugal e o mundo atravessaram no último trimestre, a Vista Alegre conseguiu já no mês de junho obter um volume de negócios de 9,2 milhões de euros, 6% acima do período homólogo, “representando um importante sinal da recuperação gradual da sua atividade face ao cenário negativo vivido no pico da pandemia”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: EPA/PATRICK SEEGER

Bruxelas dá luz verde a Banco Português de Fomento

Exemplo de ouro numa loja de câmbio em Klaaswaal, Países Baixos. (EPA/ROBIN VAN LONKHUIJSEN)

Ouro atinge recorde e excede os 2 mil dólares

Centenas de turistas visitam todos os dias os jardins do Palácio de Cristal, no Porto. Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens

FMI: Portugal com perdas acima de 2% do PIB devido à quebra no turismo

Vista Alegre com prejuízos de 3,4 milhões no primeiro semestre