vistos gold

Vistos Gold: António Figueiredo considerado culpado de crimes de corrupção

O ex-presidente do Instituto de Registos e Notariado (IRN), António Figueiredo (C), alegadamente envolvido na aquisição de vistos gold com indícios de corrupção à chegada para a leitura do acórdão do processo "vistos gold", no Juízo Central Criminal, Juiz 15, Campus da Justiça, Parque das Nações, Lisboa, 04 de janeiro de 2019. TIAGO PETINGA/LUSA
O ex-presidente do Instituto de Registos e Notariado (IRN), António Figueiredo (C), alegadamente envolvido na aquisição de vistos gold com indícios de corrupção à chegada para a leitura do acórdão do processo "vistos gold", no Juízo Central Criminal, Juiz 15, Campus da Justiça, Parque das Nações, Lisboa, 04 de janeiro de 2019. TIAGO PETINGA/LUSA

A leitura do acórdão do processo Vistos Gold está a decorrer esta sexta-feira, após três adiamentos.

A leitura do acórdão teve início pelas 10.45 horas, numa sala de audiências cheia, no Campus da Justiça, em Lisboa. O ex-ministro Miguel Macedo, o antigo presidente do Instituto de Registos e Notariado António Figueiredo e outros 19 arguidos vão ficar a conhecer a decisão judicial, quase dois anos após o início do julgamento.

Leia a notícia na íntegra em Jornal de Notícias

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
luzes, lâmpadas, iluminação

Perguntas e Respostas: IVA desce na eletricidade e gás natural

24/04/2019 - Decorre esta tarde a Assembleia Geral da EDP na Sede da EDP na Av 24 de Julho
Shengliang Wu e Luís Amado
(Diana Quintela / Global Imagens)

OPA chinesa à EDP está morta. Acionistas ditam extinção da operação

A Provedora da Justiça, Maria Lúcia Amaral (Gerardo Santos / Global Imagens)

Atrasos nas pensões: PSD quer ouvir Provedora de Justiça com urgência

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Vistos Gold: António Figueiredo considerado culpado de crimes de corrupção