retalho

Volume de negócios no comércio a retalho subiu 2% em 2015

Vendas a retalho

O volume de negócios no comércio a retalho aumentou 2% em 2015, mais 0,8 pontos percentuais do que em 2014

O volume de negócios no comércio a retalho aumentou 2% em 2015, mais 0,8 pontos percentuais do que em 2014, segundo dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em dezembro, o índice recuou 0,8% em dezembro, em termos homólogos, depois do aumento de 0,8% em novembro, revelam os novos dados.

De acordo com o INE, este comportamento durante o último mês do ano foi particularmente influenciado pelo índice do agrupamento de produtos não alimentares, que passou de um aumento homólogo de 2,7% em novembro, para uma contração de 2,1% em dezembro.

O índice do agrupamento de produtos alimentares, por sua vez, registou uma subida homóloga de 0,9% (-1,7% no mês anterior).

Em termos trimestrais, as vendas no comércio a retalho subiram 1,1% em termos homólogos (1,3% no terceiro trimestre).

Os índices de emprego, de remunerações e de número de horas trabalhadas ajustadas de efeitos de calendário subiram em dezembro 3%, 1,3% e 2,7%, respetivamente (2,3%, 5,4% e 2,3% em novembro).

O índice de emprego apresentou uma variação média anual de 1,7% em 2015 (que compara com a variação de -0,2% registada em 2014).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: JOAO RELVAS / LUSA

Desemprego registado volta a crescer em agosto, supera 409 mil inscrições

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

AL perdeu quase 3000 casas em Lisboa e Porto. Oferta para arrendar cresce

Manuel Heitor, ministro do Ensino Superior.
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Alunos vão pagar até 285 euros para ficar em hotéis e alojamento local

Volume de negócios no comércio a retalho subiu 2% em 2015