Comércio online

Amazon aceita produtos usados e paga com créditos no site

REUTERS/Kim Kyung-Hoon
REUTERS/Kim Kyung-Hoon

A Amazon aceita para troca smartphones, tablets, computadores portáteis, livros, livros técnicos, aparelhos eletrónicos, entre outros.

Sabia que a Amazon tem um serviço (ainda pouco conhecido) que permite consumidores trocar produtos usados, que já não querem mais, por créditos no site?

De acordo com a Business Insider, trata-se de um programa de trade-in para produtos em segunda mão, mas que estejam em bom estado. A Amazon não aceita de tudo, mas se tiver smartphones, tablets, computadores portáteis, livros, livros técnicos, aparelhos eletrónicos, filmes, música, consolas de jogos, jogos de vídeo, entre outros acessórios de gaming, pode experimentar submetê-los à aprovação da Amazon para receber crédito na sua conta pessoal, que pode depois usar para fazer novas encomendas.

Para começar, faça uma recolha de objetos que já não usa e verifique no site da Amazon se são elegíveis para o programa de trocas. Em caso afirmativo, será apresentado o valor máximo possível para a troca, que pode no entanto ser inferior consoante uma série de critérios. O mais importante para a valorização é o estado de conservação do produto. No caso de um aparelho eletrónico, por exemplo, poderá ser pedida a caixa original, os respetivos cabos e carregadores, o manual, os acessórios.

No caso de sobreavaliar os produtos em segunda mão, e a Amazon discordar com o preço pedido, pode sempre rejeitar a oferta e pedir o produto de volta. No caso de aceitar o valor proposto, pode submeter a troca para autorização e esperar para que seja creditado o valor na conta pessoal, no site. O processo demora, em média, cerca de uma semana.

 

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

A presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, Isabel Mota, conversa com o presidente e CEO da PTT Exploration and Production (PTTEP), Phongsthorn Thavisin durante a conferência de imprensa de anúncio da venda da Partex à empresa tailandesa, na sede da fundação em Lisboa
TIAGO PETINGA/LUSA

Gulbenkian vende negócio do petróleo e gás. Onde vai investir agora?

Fotografia: D.R.

Deficiência. Peritos aconselham troca de benefícios fiscais por outros apoios

Outros conteúdos GMG
Amazon aceita produtos usados e paga com créditos no site