fazedores

Talkdesk. Novo escritório no Porto abre porta a mais talentos

Tiago Paiva, CEO da Talkdesk. Fotografia: Direitos Reservados
Tiago Paiva, CEO da Talkdesk. Fotografia: Direitos Reservados

O “unicórnio” de origem portuguesa quer reforçar a equipa no Porto para responder ao crescente número de clientes

A Talkdesk, centro de contacto na nuvem, está prestes a inaugurar o novo escritório no Porto e está à procura de colaboradores nas áreas da engenharia de software, data engineering, data science, speech science, security, gestão de produto e design de interface e de experiência do utilizador.

“Temos verificado um crescimento significativo no número de clientes que confiam na nossa solução inovadora e, para corresponder às suas expectativas e entregar sempre mais e melhor, temos de aumentar a equipa”, diz Tiago Paiva, CEO da Talkdesk, em comunicado.

E acrescenta: “Estamos convictos de que este é um passo essencial na trajetória de sucesso da Talkdesk e estamos muito entusiasmados por crescer numa cidade que, só por si, tem já um ecossistema tecnológico vibrante”.

O “unicórnio” de origem portuguesa inaugura hoje (10 de maio) o seu novo escritório no Porto, evento que contará com a presença do secretário de Estado da Economia, João Neves.

A tecnológica, líder no desenvolvimento de software baseado em cloud para centros de contacto, tem mais de 350 colaboradores em Portugal, focados na engenharia e inovação, dos quais 90 estão no Porto.

A Talkdesk terá um centro de suporte no novo escritório, que ficará operacional ainda este mês, para prestar apoio aos clientes 24 horas por dia, 7 dias por semana, e para o qual estão a contratar 50 pessoas.

Esta mudança de instalações está enquadrada numa estratégia de expansão sustentada da equipa que abrange os três escritórios da empresa em Portugal – Lisboa, Porto e Coimbra.

Até 2020, quer ter uma equipa global de mil pessoas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Boom de queixas contra agências imobiliárias

O ex-presidente da Three Gorges e António Mexia, na assinatura da privatização

Quanto renderam em dividendos as empresas vendidas pelo Estado?

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Talkdesk. Novo escritório no Porto abre porta a mais talentos