fazedores

Talkdesk. Novo escritório no Porto abre porta a mais talentos

Tiago Paiva, CEO da Talkdesk. Fotografia: Direitos Reservados
Tiago Paiva, CEO da Talkdesk. Fotografia: Direitos Reservados

O “unicórnio” de origem portuguesa quer reforçar a equipa no Porto para responder ao crescente número de clientes

A Talkdesk, centro de contacto na nuvem, está prestes a inaugurar o novo escritório no Porto e está à procura de colaboradores nas áreas da engenharia de software, data engineering, data science, speech science, security, gestão de produto e design de interface e de experiência do utilizador.

“Temos verificado um crescimento significativo no número de clientes que confiam na nossa solução inovadora e, para corresponder às suas expectativas e entregar sempre mais e melhor, temos de aumentar a equipa”, diz Tiago Paiva, CEO da Talkdesk, em comunicado.

E acrescenta: “Estamos convictos de que este é um passo essencial na trajetória de sucesso da Talkdesk e estamos muito entusiasmados por crescer numa cidade que, só por si, tem já um ecossistema tecnológico vibrante”.

O “unicórnio” de origem portuguesa inaugura hoje (10 de maio) o seu novo escritório no Porto, evento que contará com a presença do secretário de Estado da Economia, João Neves.

A tecnológica, líder no desenvolvimento de software baseado em cloud para centros de contacto, tem mais de 350 colaboradores em Portugal, focados na engenharia e inovação, dos quais 90 estão no Porto.

A Talkdesk terá um centro de suporte no novo escritório, que ficará operacional ainda este mês, para prestar apoio aos clientes 24 horas por dia, 7 dias por semana, e para o qual estão a contratar 50 pessoas.

Esta mudança de instalações está enquadrada numa estratégia de expansão sustentada da equipa que abrange os três escritórios da empresa em Portugal – Lisboa, Porto e Coimbra.

Até 2020, quer ter uma equipa global de mil pessoas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
Talkdesk. Novo escritório no Porto abre porta a mais talentos