aviação

TAP transportou 17 milhões de pessoas no ano passado

Fotografia: Regis Duvignau/ Reuters.
Fotografia: Regis Duvignau/ Reuters.

Recorde de passageiros no total do ano só foi possível graças a um outro recorde, em dezembro. TAP fez voar mais 1,29 milhões do que em 2018.

No ano passado, a TAP voltou a quebrar um recorde no número de pessoas transportadas, tendo superado em 1,3 milhões o número de passageiros que voaram com as cores nacionais no período homólogo. O crescimento superou também a melhor expectativa da empresa que apontava para um aumento de 800 mil a um milhão de passageiros em 2019.

No total do ano, voaram com a TAP 17 milhões de pessoas, o que reflete um aumento de 8,2% face ao ano anterior, num ano em que a taxa de ocupação se fixou nos 80,1%, mostra uma nota enviada esta terça-feira às redações.

“Os indicadores de tráfego da TAP registaram uma evolução muito positiva nos últimos meses do ano, após um primeiro trimestre com sinais de abrandamento, o que permitiu encerrar 2019 com crescimento em todos os principais indicadores”, nota a empresa.

A companhia aérea dá nota de que dezembro foi um mês fundamental para este crescimento, altura em que a companhia transportou 1,3 mil pessoas, mais 14% do que um ano antes. Foi “o melhor mês de dezembro de sempre” da história da transportadora.

“Este crescimento sustentado da TAP é possível pela total renovação da frota, aumento da oferta, diversificação de rotas e de mercados, com destaque para a consolidação da aposta na América do Norte, e pelas práticas comerciais cada vez mais competitivas”, dá ainda nota a empresa.

O aumento do número de passageiros tem sido um fator fundamental para o aumento das receitas que, apesar dos resultados operacionais negativos, tem-se mantido a crescer. Nos primeiros nove meses do ano, a TAP registou um crescimento homólogo de 6,1% da receita consolidada para um total de 1052 milhões de euros, mostram dados revelados em novembro.

O saldo financeiro dos nove meses, valores conhecidos nessa data, é, negativo em 111 milhões de euros, números que a companhia associa “essencialmente a variações cambiais sem impacto na tesouraria”.

A TAP costuma apresentar contas do ano em meados de março. Para 2020, Antonoaldo Neves apontou, ainda em 2018, para a meta dos 20 milhões de passageiros transportados, número que sublinhou só vir a ser possível com um aumento da capacidade do aeroporto Humberto Delgado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Foto - Leonardo Negrao

Deco: seguros de saúde não cobrem coronavírus, seguros de vida sim

Foto: D.R.

Easyjet. Ligações de Portugal com Itália não serão afetadas, por enquanto

TAP transportou 17 milhões de pessoas no ano passado