2013 foi o melhor ano de sempre para o turismo em Portugal, mas 2014 ainda poderá ser melhor

o
o

O ano de 2013 foi o melhor de sempre para o turismo em Portugal e a perspetiva continua a ser positiva para este ano. Mas há mais: os números de 2014 podem vir mesmo a superar os do melhor ano de sempre.

“Tivemos em 2013 um dos melhores anos de sempre do turismo. Estou convencido que existem todas as condições para manter e até mesmo reforçar estes números em 2014”, afirmou o presidente da Confederação de Turismo de Portugal, Francisco Calheiros, esta terça-feira durante o II fórum económico Portugal-Países Árabes.

A estratégia passa por reforçar a imagem de Portugal em mercados onde já está estabelecido, como o Reino Unido, França, Espanha e a Alemanha, países “onde há uma margem de progressão muito significativa”.

Francisco Calheiros também sublinhou que não irão ser descurados novos mercados com um “grande potencial”, como o Brasil e a Rússia.

Mas o que torna Portugal um destino tão atrativo? “Somos o melhor destino de golfe e de praia com alguns dos melhores resorts do mundo, temos as cidades ideias para viagens de curta duração iou de negócios, e para acolher grandes eventos internacionais. Escondemos segredos únicos em recantos do país, como no Alentejo. Estamos entre os destinos mais procurados de passageiros de cruzeiros”, enumerou o responsável.

“Mas não queremos ficar por aqui. Queremos continuar a desenvolver mais e melhores produtos de forma a responder às exigências e tendências do turismo mundial”, garantiu.

A importância dos visto gold também foi salientado pelo presidente da Confederação de Turismo de Portugal como sendo importante para o turismo, com mais de 330 milhões de investimento no total.

Para o futuro, o sector do turismo português ambiciona alcançar melhores resultados. “Estamos entre os 20 primeiros e prontos para integrar os 10 melhores do mundo. É possível chegar lá”, acredita Francisco Calheiros.

“É essencial reforçar a imagem de portugal como um país moderno, acolhedor e seguro e onde é possível passar férias com a familia sem correr riscos”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
António Costa, primeiro-ministro. ( Pedro Granadeiro / Global Imagens )

Conheça a composição do novo Governo de António Costa

António Costa, primeiro-ministro. ( Pedro Granadeiro / Global Imagens )

Conheça a composição do novo Governo de António Costa

O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: MÁRIO CRUZ/LUSA

Centeno adia entrega do esboço orçamental de 2020 até quarta de manhã

Outros conteúdos GMG
2013 foi o melhor ano de sempre para o turismo em Portugal, mas 2014 ainda poderá ser melhor