Impostos

O que significam os 13 mil milhões de euros para a Apple?

Fotografia: REUTERS/Robert Galbraith
Fotografia: REUTERS/Robert Galbraith

Apple já anunciou que vai recorrer da decisão de Bruxelas e avisou para impactos no investimento da Europa

A Comissão Europeia anunciou esta terça-feira que vai reclamar um total de 13 mil milhões de euros à Apple por beneficiar de acordos fiscais com a Irlanda. Este montante ultrapassa em 40 vezes o valor em casos anteriores por Bruxelas. Mas será que o impacto para a empresa liderada por Tim Cook é assim tão grande? Vamos às contas.

O montante que a Apple vai pagar ao Estado irlandês corresponde a ‘apenas’ 6% da tesouraria da empresa norte-americana, que correspondia, em 30 de junho, a 214,9 mil milhões de dólares (192 mil milhões de euros). Esta é a empresa com mais ‘dinheiro em caixa’ a nível mundial.

Tesouro dos Estados Unidos atira-se a Bruxelas por causa da Apple

Além disso, os 13 mil milhões de euros significam para a Apple pouco mais do que um ano de lucros. A empresa apresentou ganhos de 18 mil milhões de dólares no final de 2015, o que equivale a pouco mais de 16 mil milhões de euros.

A Apple já anunciou que vai recorrer da decisão de Bruxelas e avisou: “esta situação vai ter um impacto profundo e doloroso no investimento e na criação de postos de trabalho na Europa.

A decisão anunciada esta terça-feira resulta de dois anos de investigação aprofundada aos acordos fiscais estabelecidos entre a Irlanda e a Apple entre 1991 e 2014.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Utentes à saída de um cacilheiro da Transtejo/Soflusa proveniente de Lisboa, em Cacilhas, Almada. MÁRIO CRUZ/LUSA

Salário médio nas empresas em lay-off simplificado caiu 2%

TikTok

Microsoft estará interessada na compra da operação global do TikTok

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D), ladeada pelo secretário de Esatdo dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro (E), intervém durante a interpelação do Partido Comunista Português (PCP) ao Governo sobre a "Proteção, direitos e salários dos trabalhadores, no atual contexto económico e social", na Assembleia da República, em Lisboa, 19 de junho de 2020. MÁRIO CRUZ/LUSA

Já abriu concurso para formação profissional de 600 mil com ou sem emprego

O que significam os 13 mil milhões de euros para a Apple?