call-center

Triplicam as queixas contra chamadas de telemarketing

contact-center-Call-Center-Magazine

No ano passado tanto o Portal da Queixa como a Comissão Nacional de Proteção de Dados receberam várias reclamações

As chamadas de telemarketing estão a incomodar muitos portugueses e as reclamações não param de aumentar. No ano passado, segundo dados recolhidos pelo Jornal de Notícias, o Portal da Queixa reuniu 637 queixas de consumidores, mais 175% do que um ano antes.

Estes telefonemas são para os portugueses invasivos, persistentes e incómodos, especialmente porque são recorrentes, tanto em horário laboral como nos períodos de descanso.

Do outro lado da linha tenta vender-se de tudo desde cartões de crédito, a novos pacotes de telecomunicações ou mesmo planos de saúde.

Não é só o Portal da Queixa. Contactada pelo JN, a Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) admite que esta nova tendência ocupa uma larga fatia do número de queixas que chegam sobre vendas telefónicas. Em 2016, a entidade abriu 498 processos relativos a vendas por telefone, mas não consegue detalhar quantas destas queixas têm a ver com telemarketing.

“O telefone é uma coisa mais intrusiva, cai a sopa, toca, seja o que seja que estamos a fazer”, detalha a porta-voz da Comissão, ao Jornal de Notícias.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, João Leão (D), durante o debate e votação da proposta do orçamento suplementar para 2020, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Bruxelas agrava projeção de contração em Portugal para 9,8%

Comissão Europeia, Bruxelas (REUTERS)

Bruxelas revê estimativas. Economia da zona euro deverá recuar 8,7% em 2020

Mário Centeno


TIAGO PETINGA/LUSA

Centeno defende repensar das regras da dívida e do défice na UE

Triplicam as queixas contra chamadas de telemarketing