digital

7egend: Cristiano Ronaldo transforma marcas em lendas com agência digital

Cristiano Ronaldo

Com clientes como Altice, FC Porto, Fnac, McDonald's e grupo Pestana, agência quer "driblar código como ninguém e atacar com o design mais eficiente"

Quase três meses depois do investimento na Thing Pink, Cristiano Ronaldo lançou esta quinta-feira o manifesto da 7egend, a agência digital daquele que é melhor jogador do mundo. Especializada em desporto, esta empresa está preparada para trabalhar com marcas de outros tipos de atividades e vai desenvolver estratégia e produtos digitais para transformar as transformar em lendas.

“Estou encantado com o lançamento da 7egend, a minha agência digital e na qual tenho elevadas expectativas. Todos sabem que tenho grande interesse em tudo o que tem a ver com inovação e tecnologia. O digital está a tornar-se cada vez mais essencial nas vidas das pessoas e tenho a certeza de que a 7egend vai ajudar os clientes a alcançar os resultados pretendidos ao mesmo tempo que são criadas experiências excelentes para os fãs e consumidores”, refere o avançado português na nota enviada às redações.

Com clientes como Altice, FC Porto, Fnac, McDonald’s e o grupo Pestana, a agência de CR7 quer “driblar código como ninguém e atacar com o design mais eficiente”. Para isso, recorre a uma equipa de analistas, consultores e engenheiros, que vão trabalhar lado a lado com a equipa de gestão dos clientes.

“Para a 7egend, as pessoas transformam-se em lendas quando pensam de forma diferente das outras. Quanto estão focadas em conseguir o inalcançável e fazer o que os outros consideram impossível”, refere o comunicado.

Em julho, Cristiano Ronaldo comprou uma posição maioritária na Thing Pink, empresa fundada em 2007 e que foi escolhida “pela qualidade, criatividade e dinamismo do trabalho e dos profissionais da empresa”. A Thing Pink, liderada por Luís Parafita, desenvolve experiências digitais e trabalha para vários tipos de dispositivos, como o mobile, os wearables, e a web.

Há quase cinco anos, em dezembro de 2012, Cristiano Ronaldo estreou-se nos investimentos tecnológicos, ao apostar na Mobitto, uma aplicação móvel que permitia recomendar locais de preferência como empresas ou lojas, e que dá acesso a descontos e promoções – que podem ser prémios – através das recomendações dadas pelos utilizadores. A empresa fundada por Diogo Teles e José Simões acabaria por fechar em janeiro de 2014.

Cristiano Ronaldo tem apostado nos últimos anos em vários tipos de investimento. Exemplo disso são a marca de calçado CR7 Footwear (lançada em 2014), a marca de roupa interior CR7 Underwear e a parceria com o grupo Pestana, em que quatro hotéis têm o selo CR7.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Teste - Redação DV

Liberdade e sustentabilidade dos media, com ou sem apoio do governo?

Regime dos residentes não habituais garante isenção de IRS a quem recebe pensões do estrangeiro.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Primeiros 18 residentes não habituais prestes a perder benefício

Miguel Albuquerque, do PSD Madeira.

Projeção. PSD perde maioria absoluta na Madeira

Outros conteúdos GMG
7egend: Cristiano Ronaldo transforma marcas em lendas com agência digital