Ryanair

A partir de hoje, se viajar na Ryanair terá de pagar pela bagagem de mão

Fotografia: JOSE COELHO/LUSA
Fotografia: JOSE COELHO/LUSA

A bagagem de cabine vai ter um custo entre seis e oito euros.

A partir desta quinta-feira, os passageiros que viajem pela Ryanair vão ter de pagar pela bagagem de cabine. A companhia aérea de baixo custo vai passar a cobrar entre seis e oito euros pelas malas de dimensões 50x40x20, segundo avança o El País, esta quinta-feira. Gratuitamente, os passageiros vão poder levar apenas uma mala pequena de dia-a-dia.

A medida funcionará como uma nova fonte de rendimento para a companhia aérea, apesar de a empresa apontar que o objetivo será acelerar o embarque e desembarque para evitar atrasos.

Os passageiros que tenham contratado o embarque prioritário, que custa seis euros, poderão levar a mala até o avião junto com a bolsa ou a pasta pequena. Aqueles que não tiverem contratado esta classe terão que pagar oito euros pela mala e despachá-la nos balcões da Ryanair antes de passar pelo controle de segurança do aeroporto.

No início de setembro, a companhia aérea anunciou que iria dispensar o pagamento desta bagagem a passageiros que tenham comprado os bilhetes até 31 de agosto.

Nas restantes companhias aéreas de baixo custo, esta opção de bagagem mantém-se gratuita.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(PAULO CUNHA/LUSA)

Costa espera ser primeiro-ministro 12 anos e dar início à regionalização

O novo primeiro-ministro, António Costa. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

OE2020: Costa anuncia reforço de incentivos ao arrendamento acessível

Alexandra Leitão, ministra da Administração Pública. Fotografia: António Pedro Santos/Lusa

Funcionários mais antigos podem perder dias de férias com baixas prolongadas

Outros conteúdos GMG
A partir de hoje, se viajar na Ryanair terá de pagar pela bagagem de mão