Claus Porto

Ach. Brito. Os sabonetes preferidos de Oprah estão em mais de 50 países

Aquiles Brito, bisneto do fundador da Ach. Brito
Aquiles Brito, bisneto do fundador da Ach. Brito

Entrar na Ach. Brito é entrar num mundo de aromas inigualáveis. E de história. Embora a empresa só tenha sido fundada em 1918 pelos irmãos Achilles e Affonso de Brito, estes adquiriram, em 1925, o espólio da Claus & Schweder, a primeira fábrica de sabonetes em Portugal, criada em 1887 pelos alemães Ferdinand Claus e George Schweder, e na qual Achilles de Brito havia sido gerente. A Ach. Brito tornou-se, assim, proprietária de um acervo histórico único, designadamente de rótulos do final do século, que ainda hoje servem de inspiração para a Claus Porto, a marca premium, vendida em mais de 50 países.

Os armazéns Harrods e os Fortnum & Mason em Londres ou os Bergdorf Goodman, em Nova Iorque, são alguns dos muitos clientes de referência. Ah, e claro, a Oprah que, em 2004, no seu programa Favorite Things, elogiou fortemente a marca e sugeriu os sabonetes Claus Porto como prenda ideal de Natal. Nicholas Cage, Johnny Depp ou Kate Moss são, também, fãs.

A aposta na internacionalização da Claus Porto, com ênfase nos mercados asiáticos, “muito atrativos do ponto de vista de expansão e crescimento”, é a estratégia de futuro da empresa. Que já não é exclusivamente familiar, com a entrada da sociedade de capital de risco Menlo Capital. “As empresas devem ser dotadas de meios para crescer e para se dinamizarem”, diz Aquiles Brito, bisneto do fundador.

Valorizar crescentemente a marca, mantendo o processo tradicional de fabrico, tem sido o caminho. Mas não só. Em 2008, a empresa adquiriu a Confiança, a sua concorrente há mais de um século, reposiciona–a e passa a estar presente em todos os segmentos de mercado: grande distribuição, intermédio, com a marca premium da Confiança, e luxo, com a Claus Porto. Este ano, o grupo deve faturar seis milhões de euros. “Há 10 anos jamais imaginaria que hoje estaríamos aqui. Sobretudo porque investimos zero em publicidade. Vale-nos o carinho que a marca gera”, diz Aquiles Brito.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A administradora delegada da Media Capital, Rosa Cullell (E), acomapnhada pelo CEO da Altice Media, Alain Weill (2-E), do CEO do Grupo Altice, Michel Combes (2-D), e do Chairman e CEO da Portugal Telecom, Paulo Neves (D), fala durante uma conferência de imprensa sobre a compra da Altice sobre o grupo Media Capital,. Fotografia: ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Compra da TVI pelo Meo pode “criar entraves significativos à concorrência”

Foto: ANDRÉ KOSTERS / LUSA

Financial Times destaca “sucesso socialista” na recuperação de Portugal

(Fábio Poço / Global Imagens)

Desempregados inscritos nos centros de emprego sobem 0,5% em agosto

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Ach. Brito. Os sabonetes preferidos de Oprah estão em mais de 50 países