Acionistas da Cofina aprovam contas de 2017 por unanimidade

Os acionistas do grupo Cofina aprovaram, esta sexta-feira, o relatório de gestão e as contas relativas a 2017, durante a assembleia-geral anual.

Os acionistas do grupo de media Cofina aprovaram esta sexta-feira na assembleia-geral anual, por unanimidade, o relatório de gestão e as contas relativas ao exercício do ano passado, foi hoje divulgado ao mercado.

Da ordem de trabalhos fazia parte a votação do relatório de gestão e as contas individuais e consolidadas de 2017, a proposta de aplicação de resultados do exercício, bem como a apreciação geral da administração e fiscalização da sociedade e todos estes pontos foram aprovados com 100% dos votos a favor, segundo um comunicado da Cofina à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Em cima da mesa estava ainda a votação da declaração da Comissão de Remunerações sobre a política de pagamento dos órgãos sociais e a deliberação da aquisição e alienação de ações e obrigações próprias "até ao limite legal de 10%", pontos que tiveram igual votação.

O lucro da Cofina subiu 17% no ano passado, face a 2016, para 5,1 milhões de euros.

As receitas totais atingiram 91,1 milhões de euros face aos 99,9 milhões registados em 2016, o que representa uma descida de 8,9%, "com as receitas de circulação a diminuírem 10,4%

e as de publicidade 5,9% ", segundo a empresa.

No ano passado, os custos "apresentaram uma redução de 10,4% para os 77,4 milhões de euros, fruto da reestruturação realizada".

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) diminuiu 0,8% para 13,6 milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de